XIVevidosol/Resumos

De Wiki do texto Livre

XIV Encontro Virtual de Documentação em Software Livre (EVIDOSOL) e XI Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia online (CILTEC-online), 05 a 07 de junho de 2017 - http://evidosol.textolivre.org/


Índice

Resumos

Construção do conhecimento em matemática via ambiente virtual, modelagem matemática e trabalho

Trilha: Educação e Tecnologias

Thiago Marques Zanon Jacomino


Este trabalho é uma proposta de projeto de doutorado, na linha de pesquisa de Ensino de Ciências, da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). Buscamos entender de que modo metodologias inovadoras, como a interação colaborativa em ambientes virtuais de aprendizagem, viabilizado por meio da modelagem matemática, podem gerar a construção do conhecimento em Matemática. Para tanto, trabalharemos com alunos do curso de Bacharelado em Engenharia de Pesca do Instituto Federal do Espírito Santo, Campus Piúma. Nossa metodologia de trabalho será baseada na pesquisa qualitativa e a coleta e análise de dados se dará por meio do método de análise de conteúdo.


"Pó de lua", de Clarice Freire, do virtual ao impresso: a fanpage como um recurso motivacional para a leitura literária

Trilha: Produção Textual no Computador

José Ignacio Ribeiro Marinho


Neste artigo pretende-se abordar a fanpage como um recurso motivacional para a leitura literária, tendo como referência o livro de Clarice Freire, “Pó de lua”, que surgiu na rede social digital facebook, por meio de uma fanpage, para depois ser publicado via impresso. Tem como questão problema a propagação das redes sociais digitais, em especial o facebook, para a divulgação de uma literatura eletrônica. Ainda, tem por objetivo geral a observação da gênese da escritora no plano digital e sua passagem para o impresso, devido o reconhecimento enquanto escritora. Ressalta-se, por fim, que a opção pela abordagem temática deu-se pela observação que se tem feito entre tecnologia e literatura, visto que no âmbito virtual há pessoas se consolidando como escritores e, de certa forma, tornando o campo literário mais acessível.


(Re)conhecimento das redes digitais como ferramentas na produção de conhecimento

Trilha: Educação e Tecnologias

MARCOS ANTONIO PEREIRA COELHO
Pollylian Assis Madeira


Neste artigo, pretende-se esclarecer a noção e o fenômeno do conhecimento distribuído em redes de comunicação. Visto que as redes de comunicação se faz presente no dia a dia de uma grande parcela da população na sociedade do Conhecimento, destacaremos aqui alguns conceitos importantes sobre sociedade em rede, demonstrando o desafio na formação do indivíduo autônomo em busca de conhecimento. Entende-se então que as redes de informações e conhecimento são instrumentos recentes da era da informação e requerem um olhar diferenciado sobre suas possibilidades de aplicação na educação, necessitando ser objeto de estudo em outras pesquisas para que se possa aprofundar e avançar em novas direções. Percebeu-se que é inegável o valor das redes para a educação, porém, o uso consciente deve prevalecer.


A aplicabilidade das mídias virtuais na comunicação: A percepção da linguagem de inserção

Trilha: Mídia-educação

Amaro Sebastião de Souza Quintino
Jackeline Barcelos Corrêa


A mídia é um dos principais elos de comunicação utilizado na modalidade de Educação a Distância, entre alunos, professores e tutores. As mídias virtuais facilitam a comunicação e a interação para todos que as utilizam. Nesse sentido, a comunicação constitui-se grande peça do processo educativo em modelos baseados na interação por meio de Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Isto se evidencia atualmente, devido a sua flexibilidade de aprendizagem. O objetivo geral deste trabalho é ressaltar as mídias como processo de construção do conhecimento, tornando seus usuários mais próximos do processo ensino/aprendizagem e proporcionando a interatividade. Como metodologia adotou-se uma abordagem de natureza qualitativa, apoiada no procedimento técnico de pesquisa bibliográfica e experiência do trabalho como tutor do CEDERJ, buscando atender aos objetivos específicos elencados nesta pesquisa. Sendo assim, como resultado do presente trabalho, foi possível observar que as mídias são ferramentas facilitadoras, mediadas no processo de ensino/aprendizagem que estimulam de forma dinâmica e interativa, motivando no aluno a valorização da autoestima e incentivo ao estudo, que aderem a linguagem de inserção como seu diferencial em relação a outros tipos de escrita. Considerou-se também que as mídias virtuais são fundamentais, pois influencia os sujeitos aprendizes, buscando superar a rigidez, transformando e facilitando o ensino aprendizado.


A fé pública digital no cartório de registro civil e as novas tecnologias de acesso à cidadania

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Carlos Alberto Schettino Júnior


O Cartório Registro Civil das Pessoas Naturais vem passando por grandes inovações mediante a criação de novas políticas sociais de acesso à cidadania, por meio de projetos ambiciosos de alta tecnologia em parcerias com as corregedorias de cada estado, deixando de ser um pequeno cartório para um grande gerador de cidadania oferecendo os principais documentos à população com apenas alguns cliques e num curto espaço de tempo, garantindo assim, o princípio constitucional da dignidade da pessoa humana. Isso é possível devido à nova era digital e aos grandes avanços tecnológicos, tendo em vista a busca por um atendimento de excelência aos usuários do serviço público com mais celeridade e eficiência, buscando sempre o melhor à população.


A importância da dramatização em sala de aula: o ensino de língua articulado às novas tecnologias

Trilha: Linguagem e Tecnologia

CLESIANE BINDACO BENEVENUTI


Trabalhar textos literários em sala de aula, com o auxílio de recursos midiáticos, e através de práticas diferenciadas de leitura, proporciona ao aluno o contato com o novo e, ao mesmo tempo, com sua própria realidade, na qual ele deve ser capaz de criticar e levantar hipóteses sobre o que lhe é apresentado em seu cotidiano. A proposta de encenação, com base em textos artísticos, evidencia a oralidade como forma de representação da linguagem, escrita argumentativa e cria meios de introduzir o aluno no universo da literatura, com o objetivo de promover interação entre todos os envolvidos no processo, estimular a criatividade, o espírito de liderança, o convívio social, o crescimento intelectual e linguístico. Através da encenação de “A Infanticida Maria Farrar” (com adaptações), de Bertolt Brecht, a dramatização será apresentada ao aluno como veículo de presentificação textual e de formação sócio-cultural, propulsor de julgamentos, críticas, despertando seu interesse pela dramaturgia, literatura e também pela fala e escrita, com foco nos problemas sociais. Assim, é possível trabalhar o teatro intertextualizado a outras linguagens artísticas.


A importância da tecnologia da informação no ensino de matemática

Trilha: Educação e Tecnologias

Gisele Volpato Geraldo
Marilia Costa Machado
Marina Volpato Geraldo
Linamárie Lopes Martins
Kessy Jhonatan Nunes


O presente trabalho foi realizado mediante pesquisa qualitativa, visando através de referências ressaltar a importância do uso da informática na sala de aula e suas contribuições, identificar os impedimentos de uso desse recurso durante as atividades propostas e ainda enfatizar a contribuição do docente com essa capacitação na aprendizagem dos alunos. Buscamos também apresentar softwares que contribuem no desenvolvimento da aprendizagem em Matemática e que podem favorecer para o pensamento crítico, elevando a necessidade de ter habilidades para sua utilização. Ainda com base na colaboração desses recursos, ressaltar a importância da fixação dos conteúdos para direcioná-los no decorrer das atividades do dia-a-dia.


A importância das tecnologias na formação de professores dos anos iniciais: as políticas de língua e leitura na formação dos leitores na escola.

Trilha: Linguagem e Tecnologia

JOÃO BATISTA DA SILVA SANTOS
ELIANA CRISPIM FRANÇA LUQUETTI


O presente estudo tem como objetivo apresentar a execução de um projeto de extensão que se destina aos alunos do curso normal de uma escola pública de Bom Jesus de Itabapoana / RJ. Nesse contexto da formação do professor, especificamente no que diz respeito à prática de leitura nas escolas através dos recursos tecnológicos, o projeto concebe a leitura como uma atividade propícia ao estabelecimento de relações intersubjetivas, levando em consideração o papel do professor como mediador da leitura na sala de aula. Para que essa mediação seja feita de forma eficiente, ressaltamos a importância da formação continuada do futuro professor na educação.


A influência do marketing no comportamento do consumidor: estudo de caso de consumidores de produtos de moda e acessórios da cidade de Cataguases/MG

Trilha: Cultura Livre

Altamiro Lacerda de Almeida Junior
Tarcísio Mendel Almeida
Taís Cristina da Silva


O marketing digital, principalmente o desenvolvido nas redes sociais, vem ganhando destaque nas relações com os consumidores, visto que a estratégia quando bem utilizada contribui positivamente para os resultados das organizações. Seja no que tange à comunicação e venda, ou mesmo nos relacionamentos com os clientes. O objeto de estudo desse artigo foram as lojas de moda e acessórios da cidade de Cataguases-MG, que utilizam as redes sociais como forma de promoção de seus produtos. O estudo caracteriza-se por um estudo de caso de natureza descritiva. Para o alcance dos resultados foram utilizadas pesquisas bibliográficas e entrevistas semiestruturadas. A interpretação se deu através da análise de conteúdo. Como resultados apresentaremos as impressões dos lojistas e consumidores sobre a influência das campanhas de marketing realizadas por empresas de Cataguases-MG nas redes sociais.


A informação fora do convencional

Trilha: Jornalismo na Internet

Mozarth Dias de Almeida Miranda


O artigo pretende levantar questões sobre os caminhos que estão sendo traçados para um novo modo de se produzir os noticiários. Os informativos para se tornar atraentes são influenciados por novos instrumentos que determinam um novo ritmo e uma estética diferenciada. O entrelaçamento dos veículos segue a tendência de transformar gerações passivas na assimilação em agentes atuantes diante da informação oferecida. As novas gerações, como manipulam as ferramentas virtuais, encontram maior facilidade em manifestar-se porque convive com a interação entre indivíduo e espaço. Unir as formas de percepção como texto, foto e vídeo tem incrementado a fidelização do usuário com a rede.


A interação humano computador e o princípio da confiança no e-commerce

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Lorena Borsoi Agrizzi de Matos


O aperfeiçoamento tecnológico nos disponibilizou a internet como ferramenta também para fins comerciais, surgindo o que se denomina atualmente e-commerce. Os meios e instrumentos de comunicação que surgiram e evoluíram durante o século XX proporcionaram maior rapidez na troca de informações, bem assim uma maior integração entre seus usuários. Apesar dos inúmeros benefícios gerados pela otimização do mercado de consumo e a facilitação do acesso a bens e serviços, agravou-se a vulnerabilidade do usuário, em decorrência do dinamismo e da complexidade técnica do meio virtual. A confiança mostra-se como elemento fundamental em qualquer relação contratual, pois é a partir dela que as partes contratantes se mantêm fiéis e transparentes ao realizarem o negócio.


A leitura e o texto na internet: o hipertexto no Facebook

Trilha: Hipertexto

Luciano Dias de Sousa
Lucas Borcard Cancela
Carolina Mariano Fabri
Fernanda Abreu Gualhano
Maria Clara Pereira Guimarães


As redes sociais, ambientes online onde diversas pessoas se conectam partilhando ideias e pensamentos em comum deixaram de ser um ambiente online de relacionamento meramente entre familiares e amigos. Desde o seu surgimento até os dias atuais, o facebook oferece a oportunidade de analisar comportamentos através de um cenário inovador. O objetivo do artigo é discutir a relação da leitura e do texto no formato hipertextual do ciberespaço. Para análise, utilizamos duas postagens da rede social facebook. Nesse ambiente, o usuário mescla: imagem, som e palavra ao construir postagens, disponibilizadas no próprio ciberespaço. A questão da leitura e produção textual é amplamente modificada nas redes sociais digitais, traçando um novo formato de divulgação de ideias.


A linguagem de estilo CSS: um exemplo de plano de aula integrando as disciplinas de língua portuguesa e introdução à linguagem de programação

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Juliano Paines Martins


O estudo A linguagem de estilo CSS: um exemplo de plano de aula integrando as disciplinas de língua portuguesa e introdução à linguagem de programação tem por objetivo propor o ensino de leitura e de escrita dos gêneros textuais trabalhados pelos professores de diferentes disciplinas. O estudo baseia-se em uma proposta de plano de aula entre as disciplinas de Língua Portuguesa e de Informática que sequencia didadicamente a construção do gênero textual roteiro para mídia audiovisual tutorial. A prática auxilia leitores/alunos do primeiro ano do Ensino Técnico integrado ao Ensino Médio à leitura orientada passo a passo em como construir sites utilizando a linguagem de estilo CSS.


A melhoria cognitiva de alunos deficientes intelectuais com o uso de jogos digitais

Trilha: Educação e Tecnologias

CRISTIANE ZUCOLOTO BIGUI
Cristiano da Silveira Colombo


Este trabalho busca demonstrar como a utilização dos jogos educativos digitais podem contribuir para o desenvolvimento cognitivo dos Deficientes Intelectuais de uma escola do Município de Muqui (ES) escolhida para ser o foco da pesquisa, visando estimular o desenvolvimento das capacidades como: raciocínio, memorização e concentração de forma que auxiliem o processo de ensino e aprendizagem. Estes Deficientes apresentam o funcionamento intelectual geral significativamente abaixo da média, com limitações associadas a duas ou mais áreas da conduta adaptativa ou da capacidade do indivíduo em responder adequadamente às demandas da sociedade, para isso, há a necessidade de pensar novas propostas de ensino, principalmente com a utilização de softwares educativos como os jogos digitais, com objetivo de proporcionar aos alunos que apresentam essa deficiência maior independência, qualidade de vida e inclusão. Com a utilização dos jogos digitais nas Salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) espera-se que estes possam contribuir como ferramenta pedagógica auxiliando na redução das dificuldades ou incapacidades dessa deficiência e proporcionando uma maior fixação dos conteúdos aprendidos no Ensino Regular. Através da pesquisa bibliográfica e observação em campo pode-se perceber que os jogos digitais proporcionam um maior interesse nos Deficientes Intelectuais, pois conseguem se manter concentrados por mais tempo na realização da atividade que o jogo propõe, ou seja, maior dificuldade enfrentada na aprendizagem do Deficiente Intelectual. O jogo ainda apresenta a capacidade lúdica, fator preponderante para que estes queiram aprender brincando.


A mulher no mercado de trabalho: a busca pela quebra de paradigmas impostos pela sociedade

Trilha: Cultura Livre

Maxwel dos Reis Silva


A mulher à décadas vem se firmando no mercado de trabalho o que vem ocasionando algumas discussões sobre a sua inserção no mercado de trabalho. A mulher cada vez mais vem lutando para quebrar paradigmas estipulados pelas relações de gênero que traz com sigo, a desigualdade social do poder do homem sobre a mulher e que a mesma sempre será inferior a ele. A partir dessa perspectiva a mulher sempre foi considerada inferior em ralação ao homem. Este artigo tem como objetivo mostrar o caminho percorrido pela mulher no mercado de trabalho, mostrando a sua luta por igualdade principalmente salarial quando comparado com o salário dos homens.


A relação entre divulgação nas mídias sociais e sua performance de vendas no comércio varejista de moda em Carangola-MG

Trilha: Comunidades Virtuais

Elisângela Freitas da Silva
Glaucyara Faria de Oliveira
Kyara Tereza dos Santos Gomes


O presente artigo tem como objetivo analisar a importância e mostrar as tendências causadas pelo novo conceito de Social Commerce, cada vez mais difundido entre os empreendedores e seu público alvo. Apresentar os benefícios do marketing digital nas redes sociais e avaliar a relação entre divulgação nas mídias sociais e sua performance e vendas no comércio varejista de moda no município de Carangola-MG. A metodologia adotada foi descritiva, numa abordagem qualitativa e quantitativa e os procedimentos foram por meio de pesquisas bibliográficas e levantamento survey, com questionários estruturados, seguida de análise de conteúdo. Os sujeitos da pesquisa foram 75 (setenta e cinco) lojas, empresários do ramo da moda da cidade, com o propósito de verificar a importância e os benefícios das redes sociais para estas empresas e identificar possíveis métodos e estratégias de como as redes sociais podem funcionar como veículos de divulgação de marketing digital. Concluiu-se que as redes sociais para as empresas pesquisadas tornaram-se de suma importância e trouxeram um bom retorno financeiro e uma maior objetividade quando divulgados seus produtos na web. Por meio da análise foi possível entender como funciona a relação entre as empresas e as redes sociais.


A tecnologia assistiva na formação do aluno com necessidades especiais

Trilha: Educação e Tecnologias

Jackeline Barcelos Corrêa
Amaro Sebastião de Souza Quintino


O presente trabalho apresenta questionamentos e reflexões sobre a temática da educação especial com foco a TA (Tecnologia Assistiva), destacando a formação do pedagogo com necessidades especiais e a importância do incentivo do professor motivador. O objetivo geral atribuir maior importância de analisar as estratégias pedagógicas na formação do aluno especial. A pesquisa se enquadra em um estudo de caso, trata-se de uma pesquisa exploratória, bibliográfica e documental a partir dos estudos com um aluno da Licenciatura em Pedagogia da UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense). Sendo assim, verifica-se que o incentivo da turma é importante para a promoção da acessibilidade e para o uso das novas tecnologias. O professor e a turma podem incentivar e motivar seus alunos oferecendo-lhes formação pedagógica especializada e inclusiva de sucesso. Como podemos observar são inúmeras as funções e habilidades que devem ser desempenhadas, com maestria pelo gestor educacional. Destacamos no texto a motivação como elemento essencial, esta habilidade é condição relevante, para a formação continuada de toda equipe pedagógica em especial a dos professores, esta formação continuada dever ser discutida e incentivada pelo gestor, partindo das necessidades e interesses individuais. Logo, a universidade está buscando cumprir o seu papel integrador para garantir uma formação de qualidade para todos.


Análise de jogos digitais para utilização no contexto escolar

Trilha: Educação e Tecnologias

Denise Alves Soares Veridiano


O presente artigo discute a utilização de jogos de computador como estratégia auxiliar de ensino na escola. Abordamos o valor do uso de jogos na educação formal, expusemos nossa concepção de jogos diferenciando os diversos tipos existentes e comentamos os elementos constituintes dos jogos. Em seguida apresentamos parâmetros de avaliação de jogos a serem utilizados pelo educador ao eleger aqueles com os quais trabalhará. A título de ilustração e sugestão, citamos dois sites de jogos com conteúdo educativo escolar, e encerramos tecendo algumas considerações a respeito do assunto reconhecidamente vasto, por exemplo: necessidade de construção de diretrizes para seleção de jogos digitais na internet; carência de bons softwares de jogos digitais; e potencial didático dos jogos digitais, desde que, criteriosamente selecionados e inseridos no plano de aula do professor e pelo professor, no contexto escolar.


Análise de site e ensino de Espanhol como Língua Estrangeira no contexto das TICs

Trilha: Educação e Tecnologias

Greice da Silva Castela
Vânia Travaglia Rodrigues


Neste artigo discutimos o ensino de Espanhol como Língua Estrangeira (E/LE) no contexto atual das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs), o papel dos docentes nesse contexto e apresentamos uma breve análise do site Bom espanhol, realizada no projeto de iniciação científica “Elaboração de um catálogo de sites voltados para o ensino de espanhol como língua estrangeira”, que se insere no projeto de pesquisa “Descrição e Elaboração de Objetos Digitais de Ensino–aprendizagem de Espanhol”, coordenado pela profª Drª Greice da Silva Castela, desenvolvido na Universidade Estadual do Oeste do Paraná. O conhecimento dos materiais disponíveis na Internet para ensino e aprendizagem de língua Espanhola pode auxiliar docentes na seleção desses materiais e uso em suas salas de aula.


Aplicativos de dicionário de língua para dispositivos móveis no contexto escolar

Trilha: Educação e Tecnologias

Geraldo Jose Rodrigues Liska


O dicionário de língua é o acervo de registro do léxico, dotado de critérios e sistematizações para a catalogação e o acomodamento das entradas e definições que nele estão presentes. No âmbito escolar, sua importância vem ganhando espaço à medida que aumenta a preocupação com o ensino do léxico. Trataremos da importância, de um lado, do uso do dicionário na sala de aula, fazendo um breve percurso sobre a estrutura de uma obra lexicográfica padrão, e, de outro, da utilização de tecnologias e recursos midiáticos no processo de ensino-aprendizagem. Dessa união, temos o dicionário para dispositivos móveis, livre e gratuito, como potencial instrumento didático. Neste trabalho, destacamos três aplicativos para sistema operacional Android e, com o uso deles, propomos atividades educacionais que vão além do livro didático, explorando as palavras, suas formações e seus sentidos.


Aprenderensinar inglês em tempos de cultura digital

Trilha: Educação e Tecnologias

Luciana de Jesus Lessa Censi


O presente trabalho expõe algumas considerações, bem como questionamentos, que dizem respeito às práticas de aprenderensinar inglês, especialmente no cotidiano escolar, em tempos de cultura digital. Tecemos discussões criando paralelos entre os esclarecimentos que trazem as literaturas sobre o novo cenário de cultura digital (LEFFA, 2016; LÉVY, 1999; CORDEIRO, 2014) e as pistas fornecidas por meio de observação participante natural (GIL, 2008) do/no próprio cotidiano escolar. Apontamos e caracterizamos o cotidiano do qual nossos estudantes fazem parte e, a partir daí, sugerimos a necessidade de as práticas de aprenderensinar serem reconfiguradas nos contextos múltiplos vivenciados e cada vez mais digitais.


As novas tecnologias e a relevância dos contratos eletrônicos para a sociedade deste milênio

Trilha: Cultura Livre

Raquel Veggi Moreira
Ari Gonçalves Neto
Ieda Tinoco Boechat
Hildeliza Lacerda Tinoco Boechat Cabral
Carlos Henrique Medeiros de Souza


A sociedade se ampliou e se desenvolveu, evoluindo na criação e utilização de novas tecnologias, tornando quase impossível sua interação sem que se esteja conectado à rede, sem acesso aos bens de consumo disponíveis no ciberespaço. A contratação por meio da internet é uma realidade cada vez mais presente na vida dos brasileiros, chegando a ser indispensável ante os reclamos de rapidez e segurança nas contratações, a fim de satisfazer o consumidor que exige contratos céleres e efetivos. O presente artigo busca destacar a indispensabilidade dos contratos eletrônicos para a sociedade deste milênio, passando por dois marcos legislativos que pretenderam regulamentar pelo menos em parte o assunto, com o propósito de tornar o contrato à distância mais seguro para os consumidores que, diuturnamente, adquirem produtos e contratam serviços, no ciberespaço. A metodologia empregada foi qualitativa, consistente em pesquisa bibliográfica, fundamentada em autores estudiosos do assunto.


As novas tecnologias na educação do campo: experiências da Licenciatura em Educação do Campo da UFVJM

Trilha: Educação e Tecnologias

Carlos Henrique Silva de Castro
Ofelia Ortega Fraile
Diogo Neves Pereira
Luiz Henrique Magnani


A mesa traz projetos de ensino, pesquisa e extensão da Licenciatura em Educação do Campo da UFVJM e as novas tecnologias de informação e comunicação. As experiências em destaque são uma de produção vídeos narrativos; uma de produção de programa de rádio; e uma sobre comunicação comunitária.


As personas e os ambientes multimediáticos

Trilha: Hipertexto

Everton Vinicius de Santa


Os meios multimediáticos têm, já há algum tempo, modificado a forma como interagimos entre nós e, também, tem afetado o modo como lidamos com a literatura, tanto em sua produção como em seu consumo. O presente trabalho tem com o objetivo problematizar algumas estratégias utilizadas por escritores no processo de construção de uma persona que se pretende mostrar ao outro em função de um processo de espetacularização de sua imagem para se autorrepresentar a um público cada vez mais interessado pela intimidade desses sujeitos. A construção da persona que se mostra ao público está intimamente ligada aos meios hipertextuais nos quais os indivíduos estão cada vez mais presentes, ao mesmo tempo em que se pretende exibir uma imagem que alimente o interesse de um público leitor voyeur. O narcisismo presente na contemporaneidade tem direcionado a literatura a tratar de temas sobre o Eu e, por isso, parte da cena literária caracteriza-se por gêneros autorreferenciais, um espetáculo de imagens e intimidades desveladas pelo discurso autobiográfico e postas em evidência nos espaços multimediáticos para satisfazer um mercado editorial pautado na exploração das personas de escritores e que revela uma tendência literária significativamente ligada às práticas contemporâneas digitais.


Autonomia e motivação para a prática da oralidade em língua inglesa: um estudo de caso dos alunos do curso de letras língua inglesa gerenciados pelo campus da UFPA de Cametá

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Breno de Campos Belém
Rafael Gonçalves de Sá


O presente trabalho tem como objetivo averiguar de que forma os acadêmicos do curso de licenciatura em língua inglesa dos cursos administrados pelo Campus Universitário do Tocantins/Cametá-PA apresentam comportamentos autônomos e motivacionais para praticar a habilidade oral em língua inglesa. A partir de conversas informais e observações casuais verificou-se que muitos alunos se sentem incapazes de participar efetivamente das aulas expondo suas ideias oralmente em língua inglesa. Deste modo, a proposta desta pesquisa é investigar de que forma os alunos pesquisados se comportam em relação à autonomia e motivação na aprendizagem e identificar quais métodos de prática estão sendo usados, pois, sabe-se que no processo de aprendizagem de uma nova língua, motivação e autonomia são fatores cruciais para o sucesso, tendo em vista que o aluno será mais propenso a assumir responsabilidade pela sua própria aprendizagem, agindo autonomamente e usufruindo dos recursos disponíveis que muitas vezes não são observados por alunos desmotivados e não autônomos. A metodologia utilizada será o estudo de caso de abordagem qualitativa. Participaram desta pesquisa alunos voluntários das turmas intensivas do curso de Letras Língua Inglesa das cidades de Tomé-Açu e Baião, bem como as de modalidade extensiva nas cidades de Cametá, Mocajuba e Tucuruí, cidades localizadas no Estado do Pará, Brasil. Neste trabalho foram privilegiadas as teorias de motivação e autonomia na aprendizagem de línguas.


Black Mirror: 15 Million Merits

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Josefa Aparecida da Silva Souza


As tecnologias têm possibilitado a criação de dispositivos que, a todo momento trazem modificações no cotidiano das pessoas , alterando comportamentos e conceitos em grau que ainda não se tem efetivo conhecimento das consequências favoráveis e/ou desfavoráveis .O objetivo do presente artigo é traçar,resumidamente, um paralelo de cunho filosófico acerca da temática abordada na série Black Mirror, 2º episódio intitulado 15 Million Merits (autor Charlie Brooker), trabalhando-se com conceitos de Galimbert, Agambem , Sibilia e Zygmunt Bauman e outros, sobre os dispositivos tecnológicos e sua relações/implicações na vida humana. Os dispositivos tecnológicos, se de um lado acenam como “milagres “para os problemas do cotidiano, de outro lado ensejam olhar atento e crítico para o lugar que estão ocupando nas vidas humanas.


Breve análise dos princípios e garantias do marco civil da internet

Trilha: Educação e Tecnologias

JAIR LUCIO ALVES FILHO
Bruna Moraes Marques


O Presente artigo tem por escopo analisar a Lei n.º 12.965/14, Marco Civil da Internet, a partir de seus princípios norteadores, da Constituição Federal de 1988 e da Legislação Ordinária (comum), além disso, procura interpretar e explorar, através de exemplos práticos, as possibilidades de aplicação da referida Lei. Busca também este artigo, a exposição de outras Leis que viabilizam a compreensão dos dispositivos principiológicos do Marco Civil da Internet, expõe a intenção do legislador e revelam o papel do Estado na fiscalização e preservação da aplicabilidade da referida Lei, em consonância, logicamente, com os demais dispositivos que formam a ordem jurídica brasileira. Finalmente, conclui a análise com a exposição dos benefícios trazidos pela regulamentação do tema.


Como professores podem instigar a leitura e o pensamento crítico através do uso da tecnologia?

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Thais Cerqueira Faria


Em mundo globalizado, com altos avanços tecnológicos, é muito importante o profissional se adaptar a esse mundo, inclusive o professor. Trazer a realidade do aluno é uma jogada inteligente que pode fazer a aquisição da aprendizagem algo mais rápido e incentivar a leitura e o pensamento critico. Sabe-se que é um desafio muito grande, principalmente, no Brasil, onde poucos são leitores ou quando leem não compreendem o conteúdo. Pensando nisso, o presente trabalho aborda algumas técnicas que podem ajudar a desenvolver o pensamento crítico e estimular a leitura, de forma criativa, prazerosa e onde possam aprender através da realidade, no qual, muitos estudantes se encontram. Para isso, a tecnologia tem um papel importante, já que, existem ferramentas de fácil acesso, seja com as redes sociais ou com filmes, por exemplo.


Competências essenciais na tutoria para um bom desempenho dos estudantes na modalidade a distância

Trilha: Cultura Livre

Tarcísio Mendel Almeida
ARILDO DOS SANTOS AMARAL


O objetivo é demonstrar o conjunto de competências que são necessárias para a efetiva atuação de tutores em cursos a distância, com o propósito de classificá-las para um bom desempenho dos estudantes, com ações de mediação, interação e comunicação que possibilite desempenho, autonomia e aprendizagem com qualidade e eficiência. A pesquisa aborda sobre o real papel dos tutores e quais os desafios e as responsabilidades esse profissional, que é o ator principal da educação a distância vivencia no seu universo de trabalho. Sabe-se que as ações de ensino-aprendizagem na modalidade presencial são diferentes da modalidade a distância, em que leva os tutores a reverem suas habilidades e competências para um trabalho dinâmico e interativo, que desperte desejo e vontade de aprender e crescer cada vez mais. Utilizou-se como metodologia uma pesquisa exploratória, onde aplicou-se um questionário em duas instituições particulares de ensino superior, com a finalidade de mensurar as competências tecnológicas, socioafetivas, autoavaliativas e pedagógicas que se faz de suma relevância nas ações de tutoria, bem como, os profissionais da área analisarem seu fazer pedagógico, ajustarem e equilibrarem seus pontos forte e seus pontos a serem melhorados. Por meio do desenvolvimento do presente estudo, foi possível observar que os recursos tecnológicos mais utilizados para o desenvolvimento da aprendizagem na EAD são: Webconferências, Chats, aplicativos como Wathsapp, Skype, fórum de discussões e tarefas.


Concepções de leitura em um livro didático de língua portuguesa: uma breve análise

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Patricia Mara de Carvalho Costa Leite


As atividades de leitura, em língua materna ou em língua estrangeira, em geral, ainda parecem estar focadas nas concepções linguística e psicolinguística. Isso implica não atingir uma leitura que requeira o posicionamento do leitor, o extrapolar a materialidade textual. Desse modo, este artigo almeja investigar se as concepções de leitura presentes no capítulo 1 do livro didático Universos Língua Portuguesa do 7º ano (PEREIRA, 2015), aprovado pelo Programa Nacional do Livro Didático 2017, focam no autor (concepção linguística), no leitor (psicolinguística) ou na interação autor-texto- leitor-contexto (sociocultural). As diferentes concepções de leitura (CASSANY, 2006; CASSANY; CASTELLÀ, 2010; COSTA, 2011, 2012; GAIA, GOULART, 2013 notadamente) embasarão nossas escolhas.


Considerações acerca da segurança da informação nas redes sociais

Trilha: Comunidades Virtuais

Clarete Aparecida Diniz Gomes
marcos vinicius de andrade gomes
Marilia Costa Machado


Redes sociais são grupos ou espaços específicos na internet que permitem partilhar dados e informações, sendo estas de caráter geral ou específico e das mais diversas formas (textos, arquivos, imagens, fotos, vídeos, etc.). Considerando que os usuários buscam cada vez mais visibilidade on-line e divulgam diversas informações pessoais, este trabalho foi elaborado para garantir uma maior segurança dessas informações. Isto foi realizado através da apresentação de conceitos de segurança da informação e da aplicação dos conceitos levantados nas redes sociais. Como resultado, foram levantados os principais métodos de ataque usado por usuários mal intencionados em redes sociais, e foram estabelecidos as principais medidas a serem tomadas pelos usuários para a construção de um perfil seguro e protegido na internet.


Contação de histórias e o laborátorio de informática no Pibid Pedagogia da UENF

Trilha: Educação e Tecnologias

Rysian Lohse Monteiro
ELIANA CRISPIM FRANÇA LUQUETTI
Luciana da Silva Almeida


Sabemos que os docentes precisam estimular a capacidade leitora e estimular o exercício da autoria desde a infância, para que essas habilidades sejam ampliadas no decorrer da vida escolar dos alunos. Esse trabalho objetiva apresentar as contribuições da inserção de diversos gêneros textuais, em especial a fábula, no processo de formação de alunos leitores/escritores, relatando a experiência de contação de histórias em uma turma de 5º ano no âmbito do PIBID. O objetivo foi estimular a autoria e a criatividade dos educandos, usando o laboratório de informática como ferramenta facilitadora desse processo. Foram realizadas diversas atividades, culminando na produção de várias fábulas por parte dos alunos. Conseguimos assim, explorar ao máximo a criatividade deles.


Corpo, dança, movimento e arte: percepção e experiências vividas na cibercultura

Trilha: Cultura Livre

Isabel Cristina Vieira Coimbra Diniz


Este artigo tem o objetivo de apresentar um diálogo conceitual entre o corpo, a dança, o movimento e a arte sob o prisma da percepção e de experiências vividas na cibercultura e na cultura livre, tendo em vista principalmente as noções e as contribuições da fenomenologia merleau-pontiana. Neste exercício, deparamos-nos com a intrigante e instigante complexidade do corpo com suas emoções, sentimentos, ações, pensamentos, técnicas, histórias e imaginários, desdobrando-se e dilatando-se em plasticidades, criando interfaces que se revelam na construção de linguagens artísticas e dançantes em que significações e símbolos se manifestam no corpo, no tempo e no espaço da cultura digital. Nestas experiências, presume-se que os impactos sobre o enunciatário possam ser elencados e analisados. Compreender os conceitos que transitam e dialogam sobre o corpo e a dança na cibercultura, pode ser significativo para a percepção sobre como o sujeito enunciatário inserido na cultura digital, estabelece, cria, ressignifica a si mesmo e suas relações com o mundo.


Crítica genética, entre manuscritos e textos digitais

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Eleonora Campos Teixeira e Nascimento
INGRID RIBEIRO DA GAMA RANGEL


A crítica genética se apoia nos documentos do processo criativo. A fim de verificar o papel do crítico genético no espaço digital, desenvolveu-se, na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), um projeto de crítica genética dos textos de Pedro Lyra. Poeta da geração 60, Pedro escreve, principalmente sonetos, há cinco décadas. Preocupado com a preservação da história de seus versos, o poeta mantém inúmeras pastas com seus manuscritos. Com o objetivo de analisar a viabilidade da crítica genética de textos escritos no computador, foram adotados como procedimentos metodológicos: pesquisa bibliográfica, levantamento de documentos do processo criativo de dois sonetos lyranos – um escrito à tinta e outro diretamente no computador – e a crítica genética dos respectivos sonetos. A pesquisa indica que o trabalho do geneticista é facilitado quando o artista arquiva os documentos de seu processo de criação. Esses documentos podem ser rascunhos ou textos datilografados, mas também podem ser arquivos virtuais ou postagens em redes sociais.


Crimes virtuais: ameaças reais

Trilha: Cultura Livre

Rogério Rodrigues Henrique
Henrique Santos Pinheiro
HARLEN PEREIRA
Rogério de Oliveira Ribeiro
MARCIO FERREIRA DOS PASSOS
Antonio Wilson Nogueira Filgueiras


Com os avanços da tecnologia ocorridos nos últimos anos vieram os benefícios e, também, os riscos prejudiciais gerados pelo uso inadequado dos meios tecnológicos. Esse trabalho apresenta o conceito de internet e seu breve histórico; conceito de crimes virtuais e suas formas. Traz um apanhado das leis usadas no combate aos crimes cibernéticos no Brasil e destaca a proporção desses crimes em relação ao narcotráfico. Tem por objetivo mostrar as ocorrências dos crimes cibernéticos bem como suas implicações diante da lei. Além disso, objetiva-se incitar a discussão acerca da atualização de leis vigentes para que tais se adequem a realidade do século XXI de forma que os direitos e deveres dos usuários da rede mundial de computadores sejam resguardados no meio virtual.


Criptografia: mais do que uma necessidade, um imperativo

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Antonio Tadeu Matias da Silva
Lucas Borcard Cancela


Os sistemas de codificação tal qual conhecemos hoje evoluíram muito a partir da 2ª Guerra Mundial, quando mensagens cifradas eram passadas entre aliados no front de batalha e até mesmo em além-mar. Decodificar esses conteúdos significou a vitória em uma série de batalhas, bem como, em grande medida, até mesmo a derrocada final de quem teve o seu conteúdo desvendado A tecnologia evoluiu muito no que se referem às TIC's, a qual criou bases para o que é hoje a moderna criptografia, as quais estão presentes nos mais diversos afazeres do nosso dia-a-dia, desde os mais corriqueiros até os mais complexos - desde acessar um e-mail, ou realizar tarefas online com o uso de bitcoins, ou, até mesmo fazer realizar uma vultosa transferência bancária entre investimentos localizados em bolsas de valores em pontos antípodas do mundo. Isso tudo, associado ao que se fala versa sobre protocolos de segurança é o cerne principal deste artigo.


Cultura digital e a era da conectividade

Trilha: Educação e Tecnologias

Cleomar Rocha


A palestra aborda aspectos da cultura digital e os fundamentos da conectividade como Zeingeist do contemporâneo.


Da narrativa à narrativa visual: um estudo sobre o uso de desenhos para investigar a aprendizagem de inglês

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Marina Morena dos Santos e Silva


Este trabalho consiste em uma análise de como a aprendizagem de inglês é representada em uma narrativa visual, elaborada à mão livre, por uma estudante do ensino médio de uma escola da rede particular de ensino. A análise fundamenta-se, principalmente, nos conceitos da Multimodalidade (KRESS, 1997, 2010) e da Gramática do Design Visual (KRESS; VAN LEEUWEN, 2006). Espera-se, aqui, demonstrar que é possível fazer pesquisa com outros modos de significação que não o verbal, já que a comunicação é multimodal e o discurso materializa-se em diferentes códigos. A narrativa visual revela aspectos significativos da cognição de aprendizes e evidencia que os dados visuais podem e devem ser utilizados em pesquisas na Linguística e, principalmente, na Linguística Aplicada.


Delineamento de software de aprendizagem para ensino dos princípios da animação

Trilha: Educação e Tecnologias

Luhan Dias Souza


Este trabalho busca refletir sobre o delineamento de um material didático virtual destinado ao ensino de Cinema de Animação, em específico, sobre a animação de personagens. Esse material consistirá de um software de aprendizagem de livre acesso para a realização de testes de animação a partir de pressupostos relativos aos fundamentos desta atividade. A abordagem utilizada no delineamento do funcionamento desse software possui como referencial teórico a Linguística Cognitiva, precisamente as reflexões sobre analogias e metáforas de Lakoff & Johnson (2002) apropriadas para o processo de ensino-aprendizagem visado, no qual a perspectiva da mente corporificada destes autores é de fundamental importância para esta proposta. A produção deste software ainda está em suas etapas iniciais, logo, a reflexão presente neste trabalho visa contribuir com o desenvolvimento de metodologias possíveis de produção de softwares de aprendizagem em diálogo com o campo da linguagem ao refletir sobre as especificidades do meio e referenciais necessários à etapa de delineamento do material.


Desenvolvendo o raciocínio lógico matemático a partir da aprendizagem de princípios de programação em blocos

Trilha: Educação e Tecnologias

Augusto Márcio da Silva Júnior
Gabriel Gerber Hornink


Este artigo descreve uma pesquisa com 81 pessoas de diferentes faixas etárias e escolaridade, cujo objetivo foi obter indícios do desenvolvimento de habilidades de raciocínio lógico-matemático pela aprendizagem em programação em blocos, mediada pela utilização de tecnologias da informação e comunicação. Para isto, foi realizada uma capacitação online via ambiente virtual de aprendizagem (AVA) Moodle, configurado de modo a fomentar as interações entre os estudantes, introduzindo os princípios da computação e pensamento computacional com foco nas ferramentas code.org e Scratch, consistindo em um ambiente de educação online com múltiplos desafios divididos em etapas e graus de dificuldade. Com base na bibliografia pesquisada e no relato dos estudantes após a realização do curso, os resultados e acompanhamentos, apontaram que além do aspecto motivacional da temática dos jogos, as atividades realizadas nesta pesquisa somadas ao aprendizado em conceitos do pensamento computacional podem auxiliar a resolver problemas do dia-a-dia, além de auxiliar na resolução dos desafios no raciocínio lógico-matemático.


Deslizamentos de sentido sobre terrorismo: análise de discursividades no espaço digital da internet

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Camila de Moraes Cristofoletti Calvo
FERNANDA GALLI


Sob o ponto de vista da Análise do Discurso de linha francesa, na interface com áreas correlatas – tais como Comunicação, Sociologia, Filosofia, dentre outras –, a presente pesquisa, em fase inicial, tem como objetivo geral investigar os efeitos de sentido relacionados a “terrorismo” no contexto brasileiro, mais especificamente em dois jornais de circulação nacional no espaço digital da internet (rede social Facebook). Como objetivos específicos, pretendemos: i) caracterizar e descrever as regularidades discursivas relacionadas a “terrorismo”, em publicações midiáticas no espaço digital do ano de 2016; ii) compreender o modo como os deslocamentos de sentidos sobre “terrorismo” emergem das/nas regularidades discursivas dos jornais Folha de S. Paulo e HuffPost Brasil.


Direito: uma alternativa às aulas tradicionais e às novas tecnologias construtivas

Trilha: Educação e Tecnologias

Tauã Lima Verdan Rangel
José Nogueira Antunes Neto


O escopo desse trabalho tem a ênfase voltada a uma analise as aulas tradicionais coimbrense e a introdução de alternativas ao ensino buscando novas tecnologias que facilitem a compreensão do aluno em sua jornada jurídica. Aborda-se um trabalho docente ao qual deve ser contextualizado histórica e socialmente, isto é, articular o ensino a realidade, equilibrando a pratica como na teoria. Busca explicar os pontos não alcançados no ensino tradicional e o modo de transmissão do conhecimento. Assim, tem por finalidade apresentar este modelo pareado a uma visão da necessidade da exclusão do próprio e da extinção deste ensino vigorado no tempo, de caráter obsoleto e monótono. Nessa perspectiva, mostra-se a seguir a atualidade do ensino jurídico vinculada a necessidade das novas tecnologias, ao qual obtiveram um maior destaque nas aulas de direito, onde se encontra uma motivação e um elevado grau de interesse tornando se uma aprendizagem eficaz, despertando aos alunos interesse nas aulas, tornando-as proveitosas de forma interdisciplinar.


Educação a distância: possibilidades e desafios na formação continuada de professores

Trilha: Educação e Tecnologias

Francisco Jeovane do Nascimento
Eliziane Rocha Castro
NEIVA DAIANE CORDEIRO GOMES


A educação a distância se potencializa como um instrumento que tende a contribuir na formação continuada docente, uma vez que por diversos fatores, relacionados a questões pessoais, familiares e profissionais, dentre outras, muitas pessoas não podem frequentar um curso formativo presencial. Nesse aspecto, o presente estudo objetiva analisar as contribuições e limitações da educação a distância na busca pela constante atualização profissional, evocada pela necessidade de formação continuada docente, mediante a participação de dois professores de matemática em um curso ofertado na modalidade EAD (educação à distância). No que concerne à análise dos dados, utilizou-se o método qualitativo da pesquisa e como instrumental de recolha de dados, a entrevista semiestruturada individual. Os sujeitos evidenciaram que a educação à distância evidencia-se como um instrumento que pode contribuir na formação continuada do professor, através do possibilidade de adequação de horários para a realização das atividades propostas, bem como o incentivo a autonomia. Ressaltaram, como entraves, a falta física de um professor e a atuação do tutor, que pode favorecer ou dificultar o percurso formativo. A educação a distância se potencializa como um instrumento contribuinte na formação continuada docente, no qual os ambientes virtuais de aprendizagem (AVA) podem ser utilizados como espaços de estudo e aprendizagem, incentivando a aprendizagem cooperativa, a troca mútua de saberes e conhecimentos, estimulando a autonomia.


Educação, neurociências e tecnologias: os games como uma metodologia

Trilha: Educação e Tecnologias

Waleska Medeiros de Souza


O presente artigo tem por objetivo analisar algumas contribuições dos estudos da neurociência sobre o uso das novas tecnologias no campo educacional. Desta forma, surge uma nova forma de mediação educacional promovida por dispositivos tecnológicos interliga-dos, geralmente, a internet. Neste cenário, podemos assegurar que o campo educacional ga-nhou um importante impulso em sua prática pedagógica a partir da integração das novas tec-nologias nas salas de aula, principalmente com a inserção de games educacionais ou comerci-ais, principalmente os associados ao suporte da internet. A neurociência foi capaz, através de muitas pesquisas, de fornecer novos entendimentos sobre os diferentes processos cognitivos. Desta maneira, a neurociência conseguiu desvendar as propriedades neurais que fornecem su-porte ao entendimento aritmético, à realização de cálculos, à linguagem, dentre outras. Para apresentar uma análise sobre esses avanços da neurociência somados ao uso das novas tecno-logias e os reflexos positivos no campo educacional, mais especificamente na relação ensino-aprendizagem, foi feito um levantamento bibliográfico para embasamento teórico e problema-tização sobre os temas. Como resultado concluímos que os games podem promover melhorias na qualidade do ensino ofertado.


Em meio a risos, análise conversacional de séries televisivas de comédia: possibilidades de trabalho com textos orais em sala de aula

Trilha: Mídia-educação

Otávio de Oliveira Castelane
Joane Marieli Pereira Caetano
Geralda Micaela Grilo


O presente trabalho tem como objetivo geral verificar como a Análise Conversacional, segundo Marcuschi (2003), auxilia a compreender as características linguísticas de certas conversas sitcoms, muito populares na mídia brasileira e, consequentemente, pode contribuir com efetivação do uso do trabalho pedagógico com a oralidade nas aulas de língua portuguesa. Metodologicamente, procura-se identificar o corpus, as séries de comédia “A diarista” e “Escolinha do Professor Raimundo”; a partir daí, expõe-se a transcrição do trecho do diálogo selecionado para análise; e por fim constatar os empregos das características presentes, as possíveis variações linguísticas encontradas e outros artifícios linguísticos. Vista a importância de inserção de gêneros textuais orais, conforme salientam os PCN, verifica-se que esta pesquisa em muito contribui como sugestão de trabalho contextualizado, uma vez que, através da análise de materializações de uso da linguagem amplamente recorrentes no cotidiano discente, o aluno pode estudar as peculiaridades linguísticas da oralidade.


Ensino de Espanhol nos Institutos Federais: cenário nacional e experiências didáticas

Trilha: Lançamento de Livro

Jorgelina Ivana Tallei


Vídeo de apresentação: http://evidosol.textolivre.org/papers/2017/upload/168.mp4 A coletânea Ensino de espanhol nos Institutos Federais: cenário nacional e experiências didáticas, da Ponte Editores, 2017, surge agora como um sopro de bons ventos na direção de buscarmos ampliar nossa compreensão principalmente acerca do ensino de espanhol na educação profissional e tecnológica dos Institutos Federais. Esta coletânea vem contribuir para preencher a lacuna de boas referências que abordam o ensino da língua nos Institutos Federais, cuja carência de mais estudos me parece ser maximizada quando levamos em consideração especificamente a educação profissional e tecnológica. O livro pode ser adquirido em: http://ponteseditores.com.br/loja/index.php?route=product%2Fproduct&product_id=899.


Ensino e tecnologia: concepções acerca de um material didático para era digital

Trilha: Educação e Tecnologias

JONATHAN FLORENTINO DA SILVA
Maria Cristina MarcelinoBento


As mudanças complexas pelas quais o mundo tem passado evocam demandas educacionais referentes a práticas articuladas na preparação de alunos atuantes criticamente. No que se refere aos professores, esses encaram desafios sem precedentes e, ainda, buscam a incorporação de tecnologias constantemente presentes nos contextos sociais de alunos em toda parte. Desse modo, tem-se a necessidade de os educadores buscarem respaldo teórico e práticas capazes de prover experiências em contextos diversificados. Com base no exposto, apresenta-se o objetivo desse artigo em tecer análises acerca de um material didático para ensino de inglês como língua estrangeira no que concerne às habilidades para o ensino na Era Digital. Adotamos como parâmetro a obra Teaching in a Digital Age de Tony Bates (2015) e traçamos como critérios de análise as habilidades descritas por Bates para a Era Digital. Como conclusão, refletimos acerca da abordagem baseada em gêneros do discurso, prática social, uso de mídias digitais, letramentos e práticas significativas. Os resultados referem-se ao perfil dos novos cenários descritos na chamada Era Digital e são de cunho qualitativo.


Estágio de docência: relato de experiência na educação a distância

Trilha: Educação e Tecnologias

ELIANE LIMA PISKE
Narjara Mendes Garcia
LEIDY GABRIELA ARIZA
Ângela Adriane Schmidt Bersch
Andreia da Costa Juliano


Slides da apresentação: https://slides.com/elianelimapiske/deck-3/edit. O presente relato de experiência visa a apresentar as atividades desenvolvidas no estágio de docência na modalidade Educação à Distância (EaD) ofertada pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), como um dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Educação Ambiental. O referido estágio teve por objetivo contribuir para a construção de conhecimentos sobre as tecnologias, a Educação Infantil e as interfaces com a Educação Ambiental Crítica. Foi realizado na disciplina de Fundamentos e Metodologia da Educação Infantil II no Curso de Pedagogia a Distância e, ocorreu no período de agosto de 2015 até outubro de 2015. O estágio de docência compreendeu atividades presenciais e virtuais na Plataforma Moodle, que buscavam uma reflexão da práxis em EaD. Os locais dos encontros presenciais foram os Polos de apoio ao ensino a distância da FURG, que atendem ao curso de Pedagogia pela Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD/FURG). No término da disciplina, foi realizada a aplicação de avaliações finais objetivando problematizar com os estudantes a prática pedagógica de crianças de zero a seis anos a partir das considerações sobre currículo, tecnologia e a organização do cotidiano na Educação infantil. Concluímos que, com a experiência do estágio de docência tivemos a oportunidade de (re)pensar, problematizar e refletir através de mobilizações tecnológicas e acima de tudo, dialógicas. A práxis ensino e aprendizagem foram os principais motivadores nas avaliações e nos impactos das participações.


Estudos de inglês em ambiente on-line: autonomia do aluno x apoio institucional

Trilha: Educação e Tecnologias

Márcia Magarinos de Souza Leão


Esse artigo reflete sobre as formas de estudo de inglês on-line com base nos primeiros estudos sobre educação a distância. Há um resumo sobre aprendizagem independente (MOORE, 1972; 1973), andragogia (KNOWLES, 1990) e aprendizagem autodirigida (GARRISON, 1988, 1997), que deram origem às teorias de educação a distância, como a teoria da distância transacional (MOORE, 1993; 2007). Essa teoria compreende a educação a distância com base na interrelação da autonomia do aluno, da estrutura do curso e do diálogo entre professor e aluno. Ao rever essa literatura, o artigo aponta e exemplifica a importância do apoio institucional aos aprendizes de língua inglesa, através da estrutura do curso e da interação com um professor, a fim de que seus estudos sejam bem-sucedidos.


Facetas que se entrecruzam a formação docente: reflexão sobre a política educacional brasileira

Trilha: Educação e Tecnologias

Liz Daiana Tito Azeredo da Silva


Esta pesquisa tem como objetivo discutir a política de formação de professores nas licenciaturas, tomando como base a legislação relativa a formação de professores e as características dos cursos de licenciaturas. Para o desenvolvimento deste estudo, será realizado uma análise documental, como por exemplo, a reestruturação dos cursos de licenciaturas em nível nacional, como vimos a partir do Parecer CNE/CP n.º 2, de 09/06/2015 que propõe as novas diretrizes curriculares para a formação, em nível superior, dos profissionais da Educação Básica. Muitos estudos apontam que para à formação de professores, é necessária uma verdadeira revolução nas estruturas institucionais formativas e nos currículos da formação, entretanto as pesquisas sobre políticas de formação apresenta um índice muito pequeno, apenas 2% das publicações no campo de produção. Após anos de silêncio na política educacional brasileira para a formação docente, volta-se a viver um intenso debate sobre a legislação que regulamentará a formação dos profissionais da educação no país.


Filmes e multiletramentos: ferramentas multimidiáticas auxiliando o ensino de língua inglesa

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Leonardo Lucena Parisi


Avanços tecnológicos que permitem uma maior acessibilidade a filmes estrangeiros motivaram o desenvolvimento desse artigo. O objetivo principal foi discutir como o uso de filmes pode auxiliar no ensino de língua inglesa. O artigo também oferece reflexões sobre o conceito de multiletramentos, no qual novas formas de expressão multimidiáticas são exploradas na educação. Um estudo bibliográfico permitiu analisar as principais teorias sobre o tema e sobre o ensino da habilidade de fala. Por fim, foi elaborado um material didático com atividades para serem aplicadas em um curso de conversação em inglês para adultos a partir do uso de um filme.


Formação de graduandos em letras na era das tecnologias digitais: relato de experiência com o Facebook como recurso nas aulas de língua espanhola

Trilha: Comunidades Virtuais

Elaine Teixeira
ANNA CAROLINA RODRIGUES BOLDRINI DO NASCIMENTO


este estudo tem como base o Art. 43 da Lei de Diretrizes e Bases de 1996 (LDB), tendo como eixos os parágrafos II ao V e o Plano Nacional de Graduação de 1999 (PNG), com o objetivo de apontar que as comunidades digitais também são usadas por alunos dos cursos superiores como meio de complementar o ensino e aprendizagem, e mostrar que nos dias atuais as tecnologias digitais fazem parte do ambiente escolar independentemente do nível de escolaridade dos alunos. O presente trabalho é um relato de experiência realizado com alunas do curso de Letras/Espanhol em uma instituição superior privada no município de Itaperuna/RJ, através de uma comunidade criada na rede social Facebook com objetivo pedagógico para ensino-aprendizagem de língua espanhola nas disciplinas específicas de Língua Espanhola II e IV e Literaturas buscando inserir as futuras docentes no contexto das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC) como suporte para a sua atuação posterior em sala de aula. Utilizou-se a metodologia quantitativa e a pesquisa-ação (KAUARK, MANHÃES, MEDEIROS, 2010), buscando fundamentação em teóricos como Allan (2015), Bannell (2016), Kenski (2007), Montes (2016) entre outros.


Formulações visuais de um acontecimento discursivo: o caso de um protesto do grupo Femen publicado no portal Le Monde

Trilha: Jornalismo na Internet

Emanuel Angelo Nascimento


Este trabalho tem como objetivo observar as formulações visuais de um acontecimento discursivo, considerando o caso de um protesto do grupo Femen publicado no portal de notícias do jornal francês Le Monde. Nosso aporte teórico e analítico se desdobra a partir da perspectiva do materialismo-histórico da Análise do Discurso de linha francesa, por meio da qual buscamos analisar os movimentos de sentido no que diz respeito às diferentes relações entre corpo, memória, protesto e discurso. Para tanto, levamos em conta um conjunto de imagens de um protesto de uma militante do grupo Femen, que interrompeu uma conferência de imprensa da candidata à presidência da França, Marine Le Pen, em fevereiro de 2017, em Paris. Lançamos olhar sobre essa materialidade visual a fim de observar como os sentidos em torno desse acontecimento se colocam nas fronteiras entre a evidência e a opacidade, bem como nas fronteiras com o social, o político, o simbólico, o ideológico e o histórico.


Gêneros textuais digitais e letramentos

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Acir Mário Karwoski



Generador de rutinas para el Sistema Automatizado para la Gestión de la Información(SAGI)

Trilha: Educação e Tecnologias

Lijandy Jimenez Armas/div>


La estadística adquiere relevancia en tanto hace posible transformar grandes cantidades de datos en información útil a los procesos administrativos como soporte a la toma de decisiones. En Cuba la Oficina Nacional de Estadística e Información (ONEI) realiza la gestión de los datos estadísticos a través del Sistema Automatizado para la Gestión de la Información (SAGI), desarrollado en convenio con la Universidad de las Ciencias Informáticas (UCI). Este sistema permite el diseño de formularios y encuestas para la captura de información y la generación de reportes mediante el Generador Dinámico de Reportes (GDR), lo que contribuye al proceso de toma de decisiones. Uno de los procesos fundamentales para la concepción de reportes es la generación de rutinas, algo que no es posible realizar hoy en SAGI. Este proceso se encuentra implementado en una herramienta externa, SIGETools, lo que obliga a los especialistas a utilizar dos o más aplicaciones para la obtención de reportes. El objetivo de la presente investigación es desarrollar un módulo para SAGI que permita la creación de rutinas. Para guiar dicha investigación se seleccionó como metodología de desarrollo de software OpenUP, UML 2.1 como lenguaje de modelado y Visual Paradigm 8.0 como herramienta CASE., los lenguajes de programación PHP 5 y JavaScript, Symfony 1.1.7 y ExtJS 3.4 como framework de desarrollo y para el tratamiento de las bases de datos PostgreSQL 9.3 y PgAdmin III. Además, se diseñaron e implementaron las clases del módulo aplicando buenas prácticas de los patrones de diseño. Se le realizaron pruebas al mismo, comprobando su correcto funcionamiento.


Herramientas para el desarrollo del Generador de rutinas para el Sistema Automatizado para la Gestión de la Información

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Lijandy


La importancia de trabajar de forma profesional en un proyecto, muchas veces se necesita algo más que una lista de tareas, y es el momento de buscar una solución en software, tanto si es un trabajo que se va a llevar a cabo solo o como si hay otras personas en el equipo. Los programas de software libre son ideales porque además de ser potentes, cuentan detrás con una comunidad de desarrolladores y pueden ahorrar bastante en costos. Para la realización del módulo Sistema Automatizado para la Gestión de la Información se utilizaron diferentes herramientas cuyas licencias contienen información de libre uso, Visual Paradigm 8.0 como herramienta CASE., los lenguajes de programación PHP 5 y JavaScript, Symfony 1.1.7 y ExtJS 3.4 como framework de desarrollo y para el tratamiento de las bases de datos PostgreSQL 9.3 y PgAdmin III. Además, se diseñaron e implementaron las clases del módulo aplicando buenas prácticas de los patrones de diseño. Se le realizaron pruebas al mismo, comprobando su correcto funcionamiento.


Impasses e possibilidades do tutor em EaD no ensino tecnológico

Trilha: Inclusão digital

Joama Silva Diniz


O presente artigo tem caráter empírico e tem como objetivo descrever a percepção dos tutores do ensino em modalidade à distância pelo Instituto Federal de Rondônia na cidade de Porto Velho, visando promover reflexões sobre seu papel na atualidade. Trata-se de um ensaio para reunir informações e diferentes visões acerca desta modalidade de ensino, que vai além do tradicional método expositivo presencial. Como esta nova interface, o tutor tem como primeiro desafio ser o orientador do aluno em EAD. É nesse sentido que a pesquisa pretende seguir, ao demonstrar quais as principais características apontadas pelos tutores. Para isso, delimitou-se nas questões relacionadas à EAD discutidas por Almeida (2003), Amaral (2009), Bernardinho (2011), Souza et al. (2004), Schlosser (2010), Zuin (2006), Moran (2011, 2002), e na pesquisa de Ferreira (2009). A partir da análise dos resultados conclui-se que, o tutor na EAD é um facilitador do conhecimento e, por essa ação, deve estar inteiramente consciente e integrado quanto aos conteúdos, metodologias, matérias, atividades e, sobretudo, o contexto em que seu aluno está inserido, sua realidade, suas limitações e principalmente, seu potencial.


Inclusão digital x inclusão social: a importância das tecnologias da comunicação e informação no desenvolvimento social de Eirunepé-Am

Trilha: Inclusão digital

ISAC NETO DA SILVA
ANTONIO MATEUS RODRIGUES BELÉM
WENDISON MONTEIRO DOS SANTOS


As Tecnologias da Comunicação e Informação contribuem para a construção do conhecimento no âmbito escolar e comercial que é um produto da coordenação das competências individuais e sociais contribuindo ascendentemente para a vida social do indivíduo. Ao acompanhar o desenvolvimento tecnológico e social de Eirunepé observamos que a partir do ano de 2005, o municipio já encontrava-se bem avançado, principalmente na área da educação. O presente trabalho foi elaborado seguindo uma abordagem qualitativa, sendo um estudo baseado em livros e diversas outras fontes disponíveis, assim, estabelecendo uma pesquisa bibliográfica, sendo que no decorrer do trabalho foram feitas pesquisas de campo nas escolas, comércios e demais instituições do município de Eirunepé para dar melhor ênfase em todo trabalho. Os recursos das novas tecnologias estão sendo incorporados na sociedade irunepeense, na medida em que se verifica a tendência gradativa de assimilar: novas concepções de organização do trabalho e novas tecnologias de informação e comunicação presentes na educação e na sociedade atual. Nesse processo de incorporação é necessário que haja trocas das diferentes formas de ler, dizer, fazer, compreender, aprender e ensinar que circulam entre alunos e professores para que a pluralidade dos sujeitos seja constituida. Espera-se com este trabalho poder contribuir para um novo olhar com relação a importâncias das tecnologias da informação para o desenvolvimento social, pois essas tecnologias são ferramentas capazes de modificar todo o contexto de uma sociedade, por mais distante que ela se encontre dos grandes centros tecnológicos.


Inclusão social de deficientes auditivos por meio de tecnologias assistivas

Trilha: Educação e Tecnologias

Marilia Costa Machado
Luciano Dias de Sousa
Lucas Borcard Cancela
Clarete Aparecida Diniz Gomes
Graciano Leal dos Santos


Com a evolução das tecnologias a vida do ser humano tem melhorado significativamente, e os deficientes de modo geral estão sendo beneficiados por essa evolução. Atualmente o Brasil apesar das leis e das diversas políticas de inclusão social, ainda tem muito a melhorar na qualidade de vida oferecida aos deficientes, o presente artigo apresenta um estudo sobre como as Tecnologias da Informação e Comunicação podem influenciar na melhoria da qualidade de vida e inclusão social dos deficientes auditivos. Este trabalho institui como meta a realização de um estudo apontando como as Tecnologias de Informação (TI) estão se desenvolvendo de forma a promover a inclusão social dos deficientes auditivos, são destacados dois aplicativos que são utilizados para promover a comunicação entre ouvintes e deficientes auditivos são eles o Hand Talk e o ProDeaf, o embasamento teórico do artigo se estabelece através da realização de pesquisa bibliográfica em livros, artigos científicos e na internet.


Infidelidade conjugal virtual: implicações legais e relacionais para o casal

Trilha: Cultura Livre

Raquel Veggi Moreira
Ieda Tinoco Boechat
Hildeliza Lacerda Tinoco Boechat Cabral
Carlos Henrique Medeiros de Souza


Nos tempos da sociedade contemporânea cada vez mais midiatizada, em que a virtualidade do ciberespaço ganha crescente expressão, as relações conjugais podem ser beneficiadas ou não pelo uso das mídias digitais pelos cônjuges. Assim, o presente artigo aborda a infidelidade conjugal virtual – um conceito que pode ser entendido a partir das vivências de cada um dos cônjuges em suas próprias famílias – buscando subsídios teóricos no Direito e na Concepção Sistêmica de Família, a fim de explorar as implicações para a experiência da infidelidade conjugal para os casais. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, que busca apontar significativas consequências legais e relacionais para os cônjuges que vivem a experiência da infidelidade virtual.


Inovação e tecnologias para a aprendizagem de inglês no Ensino Médio

Trilha: Educação e Tecnologias

Joyce Vieira Fettermann


Este artigo parte de uma pesquisa qualitativa, com busca bibliográfica sobre o uso de tecnologias digitais no ensino de línguas baseada em autores como Paiva (2012) e outros, e algumas aplicações práticas em sala de aula, com o objetivo de verificar como elas podem trazer benefícios para a aprendizagem e quais os resultados que podem gerar. Nesse sentido, são demonstradas atividades realizadas nas aulas de inglês com alunos do ensino médio de uma escola pública em Itaperuna, no interior do estado do Rio de Janeiro, utilizando ferramentas como o Facebook, os aplicativos Google Translator e QR Code, bem como o complemento Flubaroo em avaliações aplicadas através do Google Forms, tudo isso com o auxílio de computadores e telefones celulares com internet, nos anos de 2015 e 2016. Conclui-se que os dispositivos e instrumentos utilizados permitiram não apenas aprendizagens dos componentes linguísticos do currículo mínimo, mas também que os alunos assumissem o papel de autoria em processos de experimentação, colaboração e compartilhamento (DUBOC, 2015), no decorrer das tarefas propostas.


Interdisciplinaridade e inovação: desenvolvimento de um prontuário eletrônico

Trilha: Educação e Tecnologias

Valquiria Fernandes Marques
MÔNICA DA CONSOLAÇÃO MACHADO
Tarley Francis de Lana Campos
Carina Roriz Pimenta
Bárbara Bruna de Almeida Assis


Este estudo tem como objetivo descrever o desenvolvimento de um sistema de prontuários eletrônicos numa instituição de ensino superior de Belo Horizonte. Para a criação do sistema foram utilizadas as tecnologias, PHP, MySQL, Apache e Git, com o intuito de redução de custos. As tecnologias HTML 5, Java Script 2, CSS 3 e Bootstrap foram utilizadas para aumentar na produtividade dos alunos durante o desenvolvimento do software e a qualidade do produto final. Dentre as vantagens do desenvolvimento e implantação do prontuário eletrônico destaca-se o acesso rápido às informações do histórico de saúde e às intervenções às quais o paciente foi submetido; a eliminação da repetição de dados; e o processamento dos dados de forma organizada e sistematizada. O desenvolvimento do prontuário eletrônico em ambiente acadêmico contribuiu para a obtenção de conhecimento e para a formação na perspectiva interdisciplinar ao proporcionar a interação de diferentes áreas de atuação e saberes. Os alunos foram desafiados a enfrentar demandas reais, compreender as necessidades de segmentos distintos e desenvolver de forma colaborativa um sistema de relevância na área acadêmica e da assistência em saúde, com tecnologia, inovação e empreendedorismo.


Jornalismo e narrativa transmídia: uma análise de dois casos

Trilha: Jornalismo na Internet

Alisson Gutemberg
Tiago José Lima


Nossa proposta é analisar de que forma, após o advento da internet, a construção do texto jornalístico tem passado por mudanças. Mudanças que vão desde, por exemplo, o aspecto estilístico – com textos mais curtos, convergência midiática e navegação hipermídia – até a liberação do polo emissor, característica fundamental para o surgimento do jornalismo participativo, que é uma das principais tendências do jornalismo contemporâneo. É dentro desse contexto de participação que buscamos observar de que maneira o Twitter pode contribuir na atividade jornalística enquanto Social Media, tornando os assuntos evidentes e até sugerindo pautas. Diante disso, discutimos como narrativas transmídias (JENKINS, 2008; 2011) também podem ser verificadas no jornalismo contemporâneo a partir de dois exemplos: a repercussão da morte de Osama Bin Laden (MASCARENHAS; FRANÇA; NICOLAU, 2012) e a cobertura um incêndio ocorrido na cidade do Rio de Janeiro (MIELNICZUK, 2013).


Língua estrangeira instrumental a distância: uma proposta para a língua inglesa por meio do ambiente virtual de aprendizagem Edmodo

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Rodrigo do Carmo Gaia Pinto
Breno de Campos Belém


Esse trabalho é o relato de uma experiência acadêmica desenvolvida em um projeto de extensão na Universidade Federal do Pará no Campus Tocantins/Cametá, a qual foi utilizada a plataforma Edmodo como ambiente virtual de aprendizagem (AVA) e como principal mecanismo do desenvolvimento do ensino de língua inglesa em um curso de capacitação em estratégias aplicadas à leitura e interpretação de textos nesta língua. Como público alvo, o projeto contou com sujeitos interessados tanto do meio acadêmico quanto da comunidade em geral, enfrentando os desafios da EAD (educação a distância) para promover o contato entre professor e alunos. Tendo como meta a transmissão de conhecimento através de tecnologias de informação e comunicação aplicadas a educação (TIC’s) de forma atrativa e mostrando que a capacitação e formação podem ser eficazes quando há autonomia e comprometimento tanto do professor, quanto dos alunos.


Learning processes in digital environments

Trilha: Educação e Tecnologias

Sanna Ruhalahti
Päivi Aarreniemi-Jokipelto


Interactive environments and mobile applications. Dialogical and collaborative knowledge construction in open learning environments.


Leitorado em língua portuguesa nos Estados Unidos

Trilha: Mídia-educação

Luana Reis
Eugênia Fernandes



Leitura e “novas” tecnologias: um olhar discursivo*

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Ludmila Fernanda Domingues Pereira
FERNANDA GALLI


Esta abordagem configura-se como um recorte de nossa pesquisa de Mestrado em desenvolvimento intitulada “A Leitura e o Imaginário Docente: um enfoque discursivo”. Nessa investigação, nosso objetivo é analisar os posicionamentos dos sujeitos professores em formação sobre o livro como artefato culturalmente valorizado para a prática da leitura. Para tanto, elegemos dois construtos teóricos – Análise do Discurso de linha francesa (devido ao seu caráter interpretativo) e Novos Estudos do Letramento (em razão da consideração da leitura como prática socialmente situada atravessada por questões políticas e ideológicas) – e estabelecemos entre ambos uma relação de interface. O conjunto do material de pesquisa consiste em relatos escritos pelos acadêmicos do 2º e do 5º semestres do curso de Pedagogia de uma instituição de ensino superior particular do interior do estado de São Paulo, na qual atuamos como docente. A escrita desses relatos foi motivada por uma questão discursiva formulada a partir da leitura do livro Como um romance, de autoria de Daniel Pennac. Para a presente reflexão, trazemos um dos relatos pertencente ao eixo “Leitura e Novas Tecnologias”, cuja análise que ainda não esteva fechada até o momento de conclusão dessa abordagem aponta para a emergência de um sujeito afetado pela ilusão de novidade provocada pelo suporte digital para leitura, produto talvez da espetacularização das “novas” tecnologias.


Leitura literária e novos suportes tecnológicos: mitos e tensões

Trilha: Linguagem e Tecnologia

PEDRO BORGES PIMENTA JÚNIOR


O presente artigo pretende discutir mais detidamente a tensão produzida pela utilização dos novos aparatos tecnológicos de leitura literária por um público ainda condicionado ao livro impresso. A partir da abordagem histórica de Roger Chartier e das reflexões sobre a indústria do livro, propostas por Pierre Bourdieu, o artigo chama a atenção para o estranhamento desse leitor com os novos suportes, fenômeno que precisa ser melhor estudado e que não pode ser ignorado, pois toda uma geração de leitores atribui ao suporte impresso grande valor. Some-se a isso o fato de que a maioria das obras mais significativas da literatura ocidental não seria lida de forma satisfatória sem se levar em conta o processo de produção de materiais impressos. Então, qualquer tentativa de desprezar a cultura do impresso e os modelos de fabricação e criação intelectual do livro empobreceria as iniciativas que visam ao desenvolvimento dos processos de leitura. Assim, partir da revisão bibliográfica empreendida neste trabalho, pretende-se demonstrar como o surgimento de novos suportes tem contribuído para o surgimento de um sistema literário composto por um público leitor, uma estética literária, um processo de autoria e uma prática cultural próprios.


Mapas conceituais digitais: relevância no processo de ensino e aprendizagem

Trilha: Educação e Tecnologias

Luciane Inocente
Ana Sara Castaman


O presente trabalho objetiva refletir sobre a relevância dos mapas conceituais digitais ao processo de ensino e aprendizagem, de modo a analisar diferentes formas de aplicar esta ferramenta para construção do conhecimento. Dessa forma, metodologicamente este trabalho constitui-se como uma pesquisa bibliográfica, baseada em autores que se ocupam com o estudo da temática, sendo que inicialmente far-se-á uma análise sobre o conceito e utilização dos mapas conceituais digitais. Para após, conhecer algumas das ferramentas facilitadoras na construção de mapas digitais, bem como o seu uso no processo de ensino e aprendizagem. Conclui-se que os mapas conceituais digitais são relevantes, pois permitem o desenvolvimento da criatividade e competências, identificação de problemas e, principalmente, impulsionam a aprendizagem de forma dinâmica, facilitando a transformação e produção do conhecimento por parte do estudante.


Mídias digitais no ensino de gêneros jornalísticos

Trilha: Educação e Tecnologias

Janaína Zaidan Bicalho Fonseca


Este trabalho objetiva analisar uma atividade experimental, oriunda do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) de um curso de Letras. A proposta diz respeito ao uso do aplicativo Snapchat, pelos professores de português em formação, para a produção de notícias. A justificativa desse estudo centra-se na necessidade de ampliar os eventos de letramento agenciados na e pela escola, buscando outras formas de vivenciar a escrita na contemporaneidade. Dado o exposto, o aplicativo Snapchat ajusta-se bem à justificativa formulada, já que dispõe de ferramentas multissemióticas próprias do ciberespaço, além de poder de concisão e objetividade, observado na escrita de notícias. O pressuposto teórico desta investigação orienta-se pelos estudos dos Multiletramentos, sobretudo pelas discussões alavancadas, no Brasil, por Rojo (2012, 2013). Como resultados parciais, aponta-se para a gradativa ampliação do ensino da escrita em sala de aula, ao fomentar atividades de produção textual realizadas por professores em formação, que vão rompendo com representações engessadas sobre o que significa escrever na escola.


Módulo de detección, identificación, supervisión y monitoreo de redes inalámbricas

Trilha: Educação e Tecnologias

Yoan Céspedes Williams


El Módulo de detección, identificación, supervisión y monitoreo de redes inalámbricas (MDISM) es una aplicación web enriquecida desarrollada sobre tecnologías libres que tiene como principal objetivo la realización de Wardriving en diferentes zonas donde se requiera el constante monitoreo de la infraestructura de red inalámbrica a través del uso del sniffer de red Kismet para la detección de puntos de acceso inalámbricos y el Script Notificador que tiene la función de brindar los datos recolectados por Kismet en tiempo real al sistema web. Kismet es un sniffer de redes inalámbricas basado en la norma 802.11a, b, g, n de la IEEE. Como cualquier sniffer Kismet coloca la placa de red en un modo promiscuo y se puede observar que es lo que está pasando en las capas más bajas de nuestra red. Los datos que son recibidos desde Kismet son procesados por el notificador de la aplicación y la información es presentada al usuario del sistema a través de gráficos y en forma de lista, siempre en tiempo real. En el sistema se pueden realizar diferentes operaciones como configurar la conexión del Script Notificador con Kismet así como con la aplicación web, realizar la supervisión de diferentes subredes detectadas e identificadas previamente, el monitoreo de los puntos de accesos inalámbricos (AP) , desde la transferencia de paquetes entre dispositivos conectados, aumento o disminución de ruido y diferentes acciones como tomar el control del AP o la notificación al usuario del acceso no autorizado o sea, intrusos en la subred. El flujo básico del proceso Wardriving inicia cuando el usuario conduce el auto ejecutando el Kismet comenzando así el proceso de detección de uno o más puntos de acceso de redes inalámbricas, el sistema automáticamente después de detectar procede a identificar dichos puntos y envía al usuario la información recolectada, es este quien decide que acción realizar, díganse supervisar o monitorizar, en caso de realizar la acción de monitorizar, procede a realizar una acción de control.


Módulo de terminación y ensayo para el sistema integral de perforación de pozos de petról fase II

Trilha: Educação e Tecnologias

Yoan Céspedes Williams


En el mundo actual las empresas e instituciones se inclinan por informatizar los procesos que las soportan, optimizando costo y tiempo de ejecución de estos. La dinámica de los cambios tecnológicos se acelera exponencialmente, lo cual permite realizar propuestas de nuevos sistemas. Los continuos y veloces cambios en la Industria del Petróleo, conducen a la búsqueda de nuevas tecnologías, siendo una de estas la gestión automatizada de procesos en las instalaciones petroleras. En nuestro país la Unión de Empresas Cuba Petróleo (CUPET), es la encargada de dirigir cada uno de estos procesos (Exploración-Producción, Refinación y Comercialización). El Sistema Integral de Perforación de Pozos (SIPP), es un proyecto de desarrollo e investigación que está orientado a solucionar las necesidades de la perforación en tierra de la empresa CUPET. SIPP no es capaz de controlar la gestión de los procesos asociados a la etapa de Terminación y Ensayo, proceso que es de gran interés para la Empresa puesto que tiene como objetivo primordial obtener la producción optima de hidrocarburos a menor costo. Este necesita de un módulo que gestione el flujo de información de los procesos dejándose de realizarse de forma manual y evitando de esta forma incurrir en errores y desactualizaciones de la información. Siendo la solución para ello: Desarrollar el Módulo Terminación y Ensayo para el sistema Integral de Perforación de Pozos de Petróleo, proyecto de desarrollo e investigación que está orientado a solucionar las necesidades de la perforación en tierra de la empresa CUPET.


Multiletramentos e letramento digital nas aulas de língua espanhola: um relato de experiência com o uso do Whatsapp

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Elaine Teixeira


Este estudo tem por objetivo observar se a produção escrita em língua espanhola pode ser realizada pelos alunos, sendo o WhatsApp usado como ferramenta pedagógica multiletrada para a prática do letramento digital. O trabalho foi realizado com alunos do 1º Ano do Ensino Médio de uma escola pública estadual no município de Campos dos Goytacazes/RJ. Como procedimento metodológico foi trabalhado um conteúdo do currículo mínimo, o gênero Entrevista. Os alunos deveriam entrevistar a qualquer pessoa com quatro perguntas formuladas anteriormente pela professora. As perguntas já estavam na língua espanhola, porém as respostas estariam em português e eles deveriam traduzir as respostas dos entrevistados. A produção começou em sala de aula com a ajuda de dicionários tanto em papel como os digitais e os alunos tiveram autonomia para traduzir suas respostas e após a tarefa deveriam postar no grupo da turma criado no WhatsApp. O trabalho teve como suporte teórico: Allan (2015), Bannell et al. (2016), Coscarelli; Cani (et al., 2016), Lévy (1999), Ribeiro (2016), Rojo et al. (2009; 2012; 2013) e Soares (2016).


O cotidiano do tutor na EaD: o emprego das ferramentas e estratégias de interação na prática de tutoria, visando à aprendizagem colaborativa dos alunos

Trilha: Educação e Tecnologias

Maíra Ferreira Sant Ana


Este trabalho tem como objetivo identificar questões inerentes ao cotidiano do tutor, com enfoque no emprego das ferramentas e estratégias de interação na prática da tutoria em EaD, visando à aprendizagem colaborativa dos alunos. Para isso, foi criado um formulário eletrônico abarcando questões concernentes ao perfil pessoal e profissional do respondente e a forma de condução das atividades cotidianas no âmbito da tutoria. Conseguiu-se um total de 20 (vinte) entrevistados, os quais já foram ou ainda são tutores oriundos de Instituições de Ensino Superior (IES) do sistema privado e público de ensino, estes últimos, bolsistas da Universidade Aberta do Brasil (UAB) de diferentes instituições. Por meio do desenvolvimento do presente estudo, foi possível observar que a função de tutor não é reconhecida como profissão e que grande parte dos tutores não reconhece o aluno como um ator envolvido na EaD, apesar de constar nos referenciais que o mesmo deve ser o centro do processo educacional. A maioria dos entrevistados tem preferência pelo fórum como ferramenta de ensino, e por ferramentas assíncronas. Grande parte deles alegou desenvolver a aprendizagem colaborativa, contudo, poucos reconhecem a troca de informação como fator mais relevante na interação.


O jogo do aprender: o uso do aplicativo Duolingo no ensino de língua inglesa

Trilha: Educação e Tecnologias

MARCOS ANTONIO PEREIRA COELHO


A tecnologia digital está se tornando cada vez mais ubíqua na sociedade moderna, especialmente, com a popularização de dispositivos móveis conectados à Internet. Esses dispositivos, que combinam diversos tipos de mídias com possibilidades de se promover interação e comunicação, inauguram nova fase de oportunidades e desafios para o contexto de aprendizagem de línguas. Baseado nisso, buscamos, nesse artigo, compreender como a aprendizagem com mobilidade (m-learning) contribui para o processo de ensino aprendizagem, e, para configurar esse contexto, optamos pelo Duolingo, com a intenção de dar notoriedade a esse aplicativo, demonstrando suas possibilidades como tecnologia auxiliar na aquisição do conhecimento. A justificativa dessa pesquisa se dá pela necessidade de estender o uso das tecnologias móveis para fins educativos, ampliando as oportunidades de aprendizado, dando condições aos usuários de aprenderem idiomas de forma atrativa, interativa e autônoma. Na persecução desse objetivo foi utilizada uma metodologia qualitativa pelo viés de uma prova-ação com conteúdo básico de Língua Inglesa, realizada antes e depois do uso do software, em uma turma do sexto ano do Ensino Fundamental, em uma Escola Pública do interior da Zona da Mata Mineira.


O lúdico e suas contribuições no processo de formação docente em um contexto tecnológico

Trilha: Educação e Tecnologias

Géssica Pereira Monteiro Rangel
ELIANA CRISPIM FRANÇA LUQUETTI


O presente artigo traz uma reflexão a partir dos encontros realizados com alunos do Ensino Normal Médio no espaço da Brinquedoteca do Colégio Estadual João Pessoa, destacando as potencialidades de ensino-aprendizagem do laboratório lúdico pedagógico da brinquedoteca, no que tange o processo de formação docente. Tendo em vista o cenário educacional que o professor se encontra na atualidade, foram propostos aos futuros docentes, estudos teóricos que despertavam para discussões e reflexões a respeito das necessidades reais de atualização das práticas pedagógicas e utilização dos recursos tecnológicos, em prol da preparação de aulas mais estimulantes e significativas. Nesse espaço também foram realizadas oficinas criativas com os alunos do Normal Médio a partir dos conhecimentos fomentados na brinquedoteca. A partir dos resultados obtidos, verificamos que o espaço lúdico da brinquedoteca foi um promovedor de oportunidades para a formação docente na realização do trabalho prático, onde teoria e ação se encontravam com o propósito de estimular a formação de um profissional da educação mais reflexivo, criativo e conectado com as novas tecnologias de ensino.


O Texto Livre visto por dentro: gestão da colaboratividade

Trilha: Comunidades Virtuais

Ana Cristina Fricke Matte


Após dez anos de existência, o grupo Texto Livre se afirma dentro e fora do ambiente acadêmico pela fidelidade a princípios caros ao mundo livre: colaboratividade, meritocracia e liberdade para compartilhar. Destaca-se por sua alta produtividade nos três pilares da universidade: pesquisa, ensino e extensão universitária, como produtor, ativista e divulgador do conhecimento aberto, por sua filosofia fundadora calcada nos princípios do software livre, pela divulgação da cultura livre e desenvolvimento de software livre educacional, com especial foco na Educação a Distância (EAD). A reformulação das estratégias administrativas faz parte da história do grupo, adequando-se a diferentes momentos e necessidades, inclusive a própria relação entre o grupo e a universidade que lhe serve de sede, uma parceria cada vez mais profícua que persiste sem denotar absorção total do Texto Livre pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o que se mostra uma opção saudável para ambos. Este trabalho faz a análise da gestão da colaboratividade no grupo com base nas respostas de membros ativos e inativos a respeito dos diversos aspectos daquilo que se pode chamar de economia libertária da educação. O questionário em foco foi aplicado em dezembro de 2016 e buscou fornecer elementos para uma reestruturação administrativa do grupo. Vamos apresentar também, brevemente, o uso do software livre gerenciador de projetos Webcollab na administração do Texto Livre.


O trabalho com análise textual de textos midiáticos: implicações pedagógicas

Trilha: Jornalismo na Internet

Joane Marieli Pereira Caetano
Thayone Aparecida da Silva Soares
Adriene Ferreira de Mello


O presente estudo tem como temática a relevância do estímulo análise textual de textos amplamente divulgados pela mídia brasileira, em especial, às capas das principais revistas de veiculação nacional: Veja, Istoé e Carta Capital. Parte-se da seguinte motivação de pesquisa: Quais as possibilidades de ampliação da leitura crítica discente esses textos midiáticos propiciam? Nessa seara, objetiva-se investigar como análise do emprego dos recursos linguísticos nas capas pode favorecer, pedagogicamente em relação ao ensino de língua portuguesa, a construção de um leitor/receptor crítico de informações. E, em especial, o intuito deste estudo é analisar a maneira como três revistas de renome nacional abordaram o assunto “Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro”. O corpus da pesquisa será composto por capas da Revista Veja, da Revista Istoé e da Revista Carta Capital do mês de agosto de 2016, mais precisamente, na última semana de jogos olímpicos.


O uso da informática como recurso auxiliar para o ensino da matemática

Trilha: Educação e Tecnologias

Savia Cambras Araujo Fernandes
Marilia Costa Machado


A informática vem se desenvolvendo a cada dia e com isso passa surgir novas metodologias de ensino usando essa ferramenta. No ensino da matemática aplicar essas novas tecnologias é essencial para o desenvolvimento do aluno, permitindo uma aula dinâmica e eficaz. Este artigo apresenta a importância da informática para o ensino da matemática e para a educação, o papel do professor e o papel do aluno no processo ensino aprendizagem. O objetivo do trabalho é analisar como a informática pode ser um recurso auxiliar para o ensino da matemática. A pesquisa tem uma abordagem pedagógica qualitativa por meio de uma pesquisa bibliográfica. O referencial teórico é baseado em autores que falam sobre o tema proposto. Analisando textos e autores que defendem um ensino lúdico através das Novas Tecnologias da Informação na educação, obtendo ambientes educacionais produtivos e fazendo com que o aluno se desenvolva, sendo o agente construtor do seu saber por meio de um raciocínio lógico dedutivo.


O uso das novas tecnologias da informação e comunicação na sala de aula como ferramenta metodológica

Trilha: Educação e Tecnologias

Laís Teixeira Lima


O presente artigo tem como principal objetivo observar a importância do uso das novas tecnologias da informação e comunicação por professores durante suas aulas, uma vez que estamos diante de uma realidade tecnológica. Para alcançar tal objetivo, elaborou-se um breve histórico acerca do desenvolvimento da tecnologia, abordando alguns passos da humanidade até o início da internet. Em sequência, buscou-se compreender como a internet vem sendo utilizada tanto no âmbito pessoal e comunicacional, quanto na área profissional, visto que inúmeras profissões fazem o uso da internet como uma das principais ferramentas de trabalho. Diante dos avanços tecnológicos e do fácil acesso a tais tecnologias, a necessidade de utilização invade o campo educacional. Dessa forma, a utilização da mesma torna-se essencial para o exercício do professor em sala de aula, já que o aluno tem acesso a um mundo de informações em um clique, não se contentando, assim, com um ensino tradicional. Portanto, cabe ao educador refletir e inserir uso das tecnologias durante suas aulas aliando-as ao processo ensino-aprendizagem, oferecendo ao aluno um ensino mais dinâmico e interativo.


O uso das TIC na educação superior: estudo de caso com docentes de áreas sociais de uma IES do oeste do Pará

Trilha: Educação e Tecnologias

Angel Pena Galvão


O uso de tecnologias da informação e da comunicação (TIC) na prática pedagógica de docentes de graduação proporciona um campo propício para a reflexão sobre suas vantagens ou desvantagens. O artigo em questão trata de identificar a concepção de professores da Educação Superior quanto à utilização das TIC em sala de aula. O trabalho desenvolveu-se a partir dos pressupostos teóricos de Freire (1971) e Vygotsky (2002). Como principais resultados, verificamos que as TIC utilizadas são o notebook e o projetor multimídia, como forma de manter um maior interesse e melhorar a apresentação das aulas, tornando-a mais atrativa e participativa.


O uso do celular nas aulas de biologia: uma análise em turmas do ensino médio

Trilha: Educação e Tecnologias

DAYSE SAMPAIO LOPES BORGES
DENISE SAMPAIO LOPES DE OLIVEIRA
WILTON SAMPAIO LOPES


Com a revolução digital que se vive no século XXI, a sociedade passou a ter facilidade de acesso ao universo dos computadores, Internet, utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs e dentre essas, o celular. Pretende-se com esta pesquisa explorar a utilização do aparelho celular entre os agentes da sala de aula e analisar benefícios ou prejuízos causados pelo seu uso para cumprir determinada tarefa de pesquisa proposta em Biologia. Na pesquisa, alunos do 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio de uma escola do estado do ES, realizaram um trabalho sobre as principais contribuições dos grandes cientistas que a história registra em forma de vídeos, música, apresentações em power-point, imagens e apresentaram no auditório para todas as turmas da escola. Resultados permitiram constatar que o uso do celular proporcionou prontidão, motivação, disputa sadia e alegria no cumprimento da tarefa solicitada, demonstrando o interesse para a busca do conhecimento por intermédio do celular. Foi possível confirmar que o uso consciente, criterioso e delimitado do celular apresenta grandes contribuições para alunos, além da empatia que favoreceu a relação professor e aluno durante a pesquisa.


O uso do software Geogebra no estudo de funções

Trilha: Educação e Tecnologias

Adriana Lourenço de Sá
Marilia Costa Machado


O presente artigo tem por objetivo investigar as contribuições do software Geogebra no estudo de funções. Tal pesquisa baseia-se em opiniões de diferentes autores, a fim de ressaltar a colaboração desta ferramenta para o processo de ensino-aprendizagem. Atualmente com as novas tecnologias ficou evidente a necessidade do professor em aplicar novos métodos em suas aulas com o propósito de despertar o interesse e a atenção dos alunos em aprender. No ensino de matemática é comum deparar-se com medos e receios, isso requer do docente um novo olhar como mediador do conhecimento, pois cabe a ele mostrar os caminhos para os estudantes chegarem à solução de problemas. É o que software Geogebra no ensino de função pode propiciar ao aluno, pois consegue mostrar todo processo envolvendo a busca da resposta num só ambiente, o que acaba levando o discente a encontrar seu próprio erro e incentiva-o na busca de novos caminhos de forma autônoma.


Os objetos de aprendizagem e suas potencialidades

Trilha: Educação e Tecnologias

ANDRE NOGUEIRA SILVA


O espaço virtual tem fortalecido a inteligência coletiva a partir das tecnologias digitais. Recursos educacionais digitais conhecidos como Objetos de Aprendizagem (OA) têm sido disponibilizados para facilitar a melhoria do ensino e aprendizado, seja na escola tradicional ou no ensino a distância. Com a utilização destas ferramentas, uma nova forma de se ensinar e aprender tem sido utilizada, fator positivo que evidencia a importância em conhecê-las. Tais objetos são disponibilizados em servidores específicos na web conhecidos como Repositórios de Objetos de Aprendizagem. Para a melhoria do ensino e do aprendizado, faz-se necessário conhecer as características técnicas e pedagógicas dessas ferramentas, para que sirva de apoio aos usuários, ajudando-os a decidir qual o melhor OA a ser utilizado em sua rotina de ensino e aprendizado.


Os recursos tecnológicos e a formação do professor na educação atual

Trilha: Educação e Tecnologias

Ezequiel Gonçalves de Paula
Joyce Vieira Fettermann
Sonia Maria da Fonseca Souza


O sistema educacional passa por uma série de transformações no que diz respeito às tecnologias. A escola começa a inserir recursos tecnológicos em seu ambiente e o professor atual se vê desafiado a buscar uma formação contínua e se reinventar, a fim de aprender a integrar as ferramentas contemporâneas no processo ensino-aprendizagem e atrair seus alunos, pelo fato de as demandas da comunicação atual os levarem a entender que inserir novos recursos às suas práxis pode ser a chave para um fazer pedagógico mais flexível, dinâmico e, até mesmo, de sucesso. Portanto, este artigo tem por objetivo promover uma reflexão acerca do uso das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICs) nos contextos escolares, bem como dar a entender caminhos para sua inserção no desempenho didático-pedagógico. Busca-se ainda, investigar o papel do docente e os desafios pelos quais ele passa ao utilizar as ferramentas tecnológicas em suas aulas. Por fim, entende-se que é preciso haver equilíbrio na realização de novos fazeres pedagógicos, utilizando as tecnologias sem se desfazer de algumas metodologias e práticas formais utilizadas anteriormente ao avanço tecnológico que se vive na contemporaneidade.


Panorama artístico e educacional: a tecnologia do QR code como produção de subjetividade

Trilha: Cultura Livre

Nora Vaz de Mello


Esse trabalho se propõe a mostrar a relevância do recurso tecnológico para incentivar a produção de subjetividade, a partir de texto sobre a linguagem poética da dança. Nessa tendência, o objetivo do artigo é apresentar uma pesquisa em andamento, sobre a inserção do QR Code no ambiente de leitura, utilizando o recurso tecnológico do símbolo bidimensional (2-D) para comunicação com o leitor. Além disso, esse recurso pode ser inserido tanto no ambiente acadêmico como no panorama educacional, buscando maior interação entre docente e discente, em qualquer área do conhecimento. No entanto, essas ponderações me direcionam para uma retomada reflexiva de um passado, que se liga ao presente enquanto escrevo sobre a obra coreográfica de “Terra Brasilis”. Assim, no cenário artístico, o espetáculo de dança contemporânea produzido pela Companhia de Dança Movimento, de Belo Horizonte, foi inspirado no livro literário homônimo, de Rogério Zola Santiago. Com a inserção dessa mídia, também, no meio artístico espera-se abrir possibilidades para que o leitor estabeleça novas percepções de cunho intersemiótico. Palavras-chave: Linguagem da Dança. Tecnologia: QR Code. Subjetividade. Intersemiótica.


PIBID FAZ ESPANHOL: Sequências didáticas para crianças e adolescentes

Trilha: Lançamento de Livro

Elizabeth Guzzo de Almeida
Luiza Santana Chaves
Eduardo Tadeu Roque Amaral
Sidneia Antonia do Nascimento


A Coleção PIBID FAZ é fruto de um programa que vem sendo executado de modo exitoso e proporciona o registro da trajetória de diferentes projetos desenvolvidos na UFMG. Como parte desta coleção, o volume PIBID FAZ ESPANHOL: Sequências didáticas para crianças e adolescentes constitui o resultado de um trabalho intensivo entre docentes da UFMG, estudantes de licenciatura e professores da educação básica. Nesse sentido, além de contribuir para a valorização da docência em nosso país, o volume de espanhol consolida o espaço da escola como um ambiente aberto à pluralidade linguística, à diversidade e à multiculturalidade. Organizadores: Elizabeth Guzzo de Almeida, Eduardo Tadeu Roque Amaral, Luíza Santana Chaves e Sidnéia Antônia Nascimento Para fazer o download GRATUITAMENTE, acesse http://www.fae.ufmg.br/pibid/wp-content/uploads/2013/06/PIBID-FAZ-Espanhol.pdf


Poesia e geografia: possibilidades de ensino e aprendizado

Trilha: Educação e Tecnologias

Renan Galdino Rosostolato


O objetivo desse trabalho é apresentar um estudo sobre a utilização da literatura no ensino de geografia, no que se refere especificamente a poesia como forma de ilustrar ou exemplificar pontos pertinentes ao conteúdo direcionado a própria relação de ensino-aprendizado e prática em sala de aula. E é por isso que podemos afirmar que o uso da literatura no ensino de geografia é um recurso a mais, como os mapas, as fotografias e tantos outros recursos. A poesia é um material valioso para mostrar, por pontos de vistas diferentes, como o homem, o ambiente e a sociedade, formando alunos capazes de compreender a sociedade da qual fazem parte como indivíduos.


Por uma cartografia do devir

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Renata do Carmo Crisóstomo Nakano


A cartografia no meio analógico envolve o uso de mapas na criação e manipulação de representações geoespaciais. Tradicionalmente, o mapa é uma representação simbólica da realidade cuja função é a exploração, análise, compreensão e comunicação de infor-mações das relações espaciais. Nessa perspectiva, a cartografia pretende assumir um es-tatuto de ciência pelo qual as produções cartográficas, ou seja, os mapas, apresentam-se como “um modelo do real, o qual conserva relações matemáticas com a forma da Terra, viabilizando cálculos, transformações e representações das medidas do real”. É portan-to, uma construção estática, elaborada por um único agente social que pretende expressar a visão da maioria e retratar uma percepção espacial relacionada ao poder instituído. No entanto, conforme afirma Deleuze, “a maioria nunca é ninguém, é um padrão vazio”. Isso porque um discurso que pretende generalizar as diversidades numa representação estática acaba por não representar a nenhum dos sujeitos. Nesse sentido, pretende-se neste artigo, realizar um estudo entre as formas de cartografia que se assemelham à expe-riência do fora e suas instâncias. Esse estudo será desenvolvido a partir de uma análise das imagens de satélite extraídas do Vale Drenica, em Kosovo, durante a guerra de 1999. Tais imagens foram recolhidas por Laura Kurgan e apresentadas em forma de ex-posição com o nome: “SPOT083-264: Kosovo 03 de junho de 1999”.


Prazer de ler e leitura significativa: a autonomia como aporte

Trilha: Cultura Livre

Sonia Maria da Fonseca Souza


Este trabalho tem por objetivo identificar e ressaltar os fatores que contribuem para a formação de leitores autônomos, os quais veem o ato de ler como uma atividade prazerosa e enriquecedora, tornando-os cidadãos conscientes e participativos de sua sociedade. Para tornar viável esta pesquisa, o corpus teórico que a fundamentou foi especialmente alicerçado por teóricos de Línguas e Educação. A investigação foi de base qualitativa, fundamentada na pesquisa bibliográfica. Ao final da investigação foi possível tecer considerações sobre os componentes afetivos e cognitivos no processo de ensino/aprendizagem da língua que estão intimamente ligados na formação de leitores críticos e reflexivos.


Práticas de letramento digital de professores na formação continuada em língua portuguesa do PNEM

Trilha: Educação e Tecnologias

francisco jeimes de oliveira paiva


Esta pesquisa objetiva a investigar a formação continuada em Língua Portuguesa no Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio, de professores da área de linguagens na era das mídias digitais, através dos instituídos (Encontros Continuados) de formação presenciais. Para tal empreitada, ancoramo-nos nas contribuições teóricas de Sousa (2015); Lima (2013); Pinheiro (2013); Lima; Pinheiro (2015) sobre a formação docente, em especial, ao professor da área de Linguagens e Códigos. Quanto aos estudos no Brasil sobre as práticas e eventos de letramento, aportamo-nos em pesquisas de Kleiman (2004; 2005); Rojo (2006). Já quanto ao estudo de gêneros textuais, respaldamo-nos em estudos de Marcuschi; Xavier (2005). Este estudo contribuiu para o aprimoramento das práticas discursivas de trabalho dos professores de Língua Portuguesa com os gêneros discursivos em sala de aula, considerando o contexto das tecnologias digitais de informação e comunicação (TDICs); desenvolvendo, pois, a competência textual e linguística do alunado diante de uma diversidade de gêneros discursivos que são produzidos em contextos múltiplos de interação linguística e sócio-historicamente situados no processo comunicativo na contemporaneidade.


Projeto Radiotec: espaço para prática de leitura e escrita no ensino médio profissionalizante

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Marlon Breno Soares de Araújo
Rawane Soares Santos


Uma das práticas letradas promovidas pelo Colégio Técnico de Floriano é a rádio escolar – Radiotec. O projeto Radiotec é uma proposta do Laboratório de Leitura e Produção de Textos – LPT, planejado com o objetivo de promover o aperfeiçoamento das práticas de leitura e escrita bem como a aquisição de novas habilidades, senso analítico crítico e envolvimento com os acontecidos locais e mundiais. Superando as finalidades sociais de interação e comunicação, o projeto tem promovido a geração de conteúdo informativo, científico e educativo, servindo como canal ou voz para problemas e tabus relacionados ao campus. A Radiotec conta com quatro programas, que são gravados e postados em duas redes sociais – Facebook e SoundCloud, além do site do LPT. O projeto tem apresentado como resultados a melhoria da capacidade comunicativa oral e escrita dos alunos, a ampliação de conhecimentos, a melhoria da democratização do espaço educacional e o acesso às informações por parte do público institucional e comunitário.


Protocolo para construção de uma base de sinais da língua brasileira de sinais utilizando sensores RGB-D em plataforma de software livre

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Silvia Grasiella Moreira Almeida
ANDREIA CHAGAS ROCHA TOFFOLO


RESUMO: Apresentamos, neste artigo, a proposta já em desenvolvimento de construção de uma base com sinais da Língua Brasileira de Sinais a partir de recursos computacionais baseados em software livre. A etapa de criação descrita aqui tem por foco a definição de um protocolo consistente, que permitirá que sinais de Libras possam ser adicionados à base de forma normatizada. O protocolo deve versar sobre questões que envolvam a língua em si, a tecnologia utilizada para a gravação, e em técnicas que envolvam a própria gravação. Uma vez definido o protocolo, sinais em Libras serão gravados utilizando dois sensores RGB-D. Utilizaremos também uma câmera digital profissional baseada em sensor de imagem CMOS para gravar os sinais sob a mesma condição dos sensores RGB-D. Para operação dos sensores RGB-D, será utilizado o framework OpenNI, que é um SDK (Software Development Kit) de código aberto para desenvolver bibliotecas e aplicações de sensoriamento com dispositivos 3D. A importância desta base, quando pronta, é ser utilizada para testar a eficácia de sistemas computacionais baseados tanto em recursos de software livre quanto proprietários. A base com sinais de Libras e seu respectivo protocolo de criação ficarão disponíveis para uso de toda a comunidade acadêmica.


Recursos educacionais abertos para multiletramentos

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Daniervelin Renata Marques Pereira
Danilo Rodrigues César


Nosso objetivo é apresentar o ambiente digital criado para o projeto de pesquisa “Recursos Educacionais Abertos para Leitura e Produção de Textos nas Licenciaturas” (REALPTL), discutindo seu movimento de ampliação em relação ao projeto anterior, o Português Livre. Apresentam-se uma discussão sobre algumas modificações propostas, um exemplo de Recurso Educacional Aberto (REA) do site e alguns desafios para os próximos passos do projeto. Fundamentamos nossa abordagem de multiletramentos em Rojo (2010) e na proposta de REA como filosofia de cultura livre. Observa-se, por exemplo, pelas discussões que é possível criar recursos que auxiliam a formação leitura e escritora dos licenciandos, mas o papel mediador do professor continua sendo essencial para que essa prática se realize de forma mais formativa e dinâmica.


Redes sociais digitais: uma análise sobre comportamento, exposição e manifestações sociais

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Juliana Marinho dos Santos


Este trabalho propõe um breve estudo sobre o comportamento dos indivíduos nas redes sociais digitais, especificamente no que diz respeito à exposição, aos debates exacerbados e fervorosos, considerando alguns cenários políticos, sociais e econômicos, com assuntos polêmicos e que repercutem nacional e mundialmente. Também procura identificar de que modo ações coletivas nas redes se disseminam na sociedade e como contribuem para os movimentos sociais. Para tal, procura traçar, de forma resumida, a história da evolução dos meios de comunicação, até a abordagem das novas interfaces comunicacionais, que trazem significativas transformações para a rotina do homem em sociedade, enfatizando os aspectos relacionados à livre expressão, proporcionada pelo ciberespaço, seus pontos positivos e negativos, a partir de exemplos da atualidade.


Relato de experiência sobre o uso do Moodle como repositório de conteúdos para a disciplina língua inglesa

Trilha: Educação e Tecnologias

Doris de Almeida Soares


Este trabalho apresenta um relato de experiência da utilização da plataforma Moodle como apoio às atividades desenvolvidas na disciplina “Língua inglesa”, ministrada na modalidade presencial, em um curso de graduação com regime seriado e de internato, na cidade do Rio de Janeiro. Para avaliar a relevância da proposta, um grupo de 101 alunos da disciplina respondeu a um questionário para identificar suas motivações para acessarem os conteúdos na plataforma Moodle e avaliarem essa experiência. Por meio das ferramentas de gerenciamento da plataforma, também foram coletados dados sobre a utilização do espaço. Os resultados sugerem que a criação do espaço foi útil para todos aqueles que, seja de modo direto, ou por intermédio de um colega, tiveram acesso aos conteúdos disponibilizados na plataforma.


Robótica Pedagógica Livre: Potencialidades e Limites no Processo de Ensino e de Aprendizagem

Trilha: Cultura Livre

Danilo Rodrigues César
Eloir José Rockenbach
Marcos Antonio Rufino do Egito


Diálogos sobre ensino, aprendizagem, práticas e experiências com a Robótica Pedagógica Livre em Espaços Multirreferenciais de Aprendizagem. Mesa composta de 3 apresentações: (a) Possibilidades didático-metodológicas da Robótica Pedagógica Livre em Espaços Multirreferenciais de Aprendizagem - Danilo Rodrigues César O movimento de transformação da Robótica Proprietária em Robótica Híbrida em Espaços Multirreferenciais de Aprendizagem; o desenvolvimento de kits didático-pedagógicos de Robótica Livre para trabalhar conceitos científico-tecnológicos das diversas áreas do conhecimento (como, por exemplo, a Física, a Biologia, a Matemática entre outras); a criação de artefatos cognitivos por alunos do ensino fundamental - construção de uma árvore de natal (a partir de sucata tecnológica) com pisca-pisca controlado por programação desenvolvida na arduino. (b) Aprender e Ensinar a partir do uso da Robótica Livre - Marcos Egito Relatos de experiências de apropriação de informações a partir do uso da Robótica Livre em espaços multirreferenciais de aprendizagem como recurso emancipatório para os educandos e os educadores. Apresentação de Casos experienciados na Região metropolitana de Recife. (c) Robótica Pedagógica Livre e Movimento Maker como recursos didático-pedagógicos de aprendizagem - Eloir José Rockenbach Relatos de práticas e vivências didático-pedagógicas da Robótica Livre e do Movimento Maker nos processos de aprendizagem. Como a Robótica Livre e o Movimento Maker se conectam.


Sala de aula invertida e GoConqr: otimizando o ensino do processo de leitura

Trilha: Educação e Tecnologias

Natália Elvira Sperandio


o presente artigo tem como finalidade apresentar uma breve discussão acerca da forma pela qual o ensino de leitura pode ser desenvolvido por meio de metodologias ativas de aprendizagem, nesse caso, em especial, através da proposta da sala de aula invertida em conjunto com a plataforma de ensino GoConqr. Nosso intuito é demonstrar, a partir de experiências vivenciadas no ensino de leitura no nível superior, de que forma essas metodologias podem auxiliar no ensino-aprendizagem de nossos alunos, tornando-os leitores críticos e competentes, ao colocá-los no centro desse processo e o professor como mediador. Para isso, tomaremos como arcabouço teórico a perspectiva de leitura interacionista, proposta por Koch e Elias (2013), em conjunto com os trabalhos de Bergnann e Sams (2016), sobre sala de aula invertida. Como resultado, observamos que, ao utilizarmos essa plataforma, com a construção de disciplinas compartilhadas com nossos alunos, houve maior interação e problematização das questões propostas em sala de aula, fazendo com que a leitura ultrapassasse a mera decodificação dos elementos presentes na superfície textual.


Sistemas de geração de indicadores de participação e colaboração no Moodle

Trilha: Educação e Tecnologias

Eduardo de Almeida Rodrigues
Gabriel Gerber Hornink


O foco deste artigo é apresentar as características funcionais e os aspectos de desenvolvimento dos blocos inMapMoodle© e indeXMoodle©. Concebidos na UNIFAL-MG, o primeiro bloco gera e exibe grafos direcionais das interações ocorridas nos fóruns de discussão online, enquanto o segundo calcula e apresenta graficamente os índices de participação e de colaboração dos participantes no ambiente Moodle. Ambos fornecem dados quantitativos que podem ser utilizados como parâmetros de avaliação e autoavaliação com vistas a uma análise mais detalhada das interações, fomentando, por consequência, uma moderação e atuação mais eficiente por parte dos professores, tutores e estudantes. Embora o inMapMoodle© se ocupe exclusivamente de representar visualmente a frequência das interações ocorridas em fóruns de discussão, essa ferramenta proporciona uma visão ampla da organização do processo comunicativo. IndeXMoodle©, por outro lado, é mais abrangente em relação ao rol de ferramentas interativas/colaborativas às quais atribui seus índices e gráficos. Levando em consideração a perspectiva pedagógica sociointeracionista por meio da qual o ambiente virtual Moodle foi desenhado e lançado em 2002, é possível vislumbrar a aplicabilidade das ferramentas supracitadas como uma alternativa à moderação tradicional. Em geral, o Moodle é uma poderosa ferramenta de interação assíncrona possuidora de um grande potencial colaborativo e, tanto inMapMoodle©, quanto IndeXMoodle©, vêm suprir à necessidade humana por representações visuais que possibilitem um panorama interativo da ação mediada.


Software livre em comunidade de aprendizagem online: possibilidades pedagógicas de colaboração entre os povos lusófonos

Trilha: Educação e Tecnologias

Fábio Batalha Monteiro de Barros


O software livre Moodle tem sido utilizado ao longo dos anos com um perfil fortemente institucional. A partir da reflexão sobre a relevância do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) para a inclusão social são analisadas as características de funcionamento da comunidade de aprendizagem online “Aprender Livre” (aprenderlivre.org), em especial com relação à experiência de integração dos povos lusófonos. São apresentadas características como incentivo aos recursos educacionais abertos, aprendizagem ao longo da vida, educação informal e liberdade de ensino-aprendizagem. Como conclusão são ressaltados o potencial transformador da educação digital, inclusive para o ensino presencial, quando acompanhado de metodologias ativas que propiciem a utilização qualificada das comunidades de aprendizagem e softwares livres educativos.


Tabuada com mosaicos: uma aplicabilidade do software Régua e compasso

Trilha: Educação e Tecnologias

Cíntia Moralles Camillo


Por meio de pesquisa bibliográfica foi analisado o software Régua e Compasso (C.a.R.), uma ferramenta dinâmica e interativa, o qual constitui um ótimo laboratório de aprendizagem da matemática e seus ramos. A construção de mosaicos utilizando construções geométricas com o régua e compasso pode contribuir para o aprimoramento da prática pedagógica, possibilitando criar situações de ensino-aprendizagem que proporcionam ao aluno o desenvolvimento de seu conhecimento. Neste artigo, apresenta-se o software régua e compasso, por meio de mosaicos, de uma forma divertida e que busca a memorização mais eficiente da tabuada. A utilização de softwares dinâmicos e educativos que possuem a possibilidade de movimentar figuras e transformá-las, enriquece o processo ensino-aprendizagem da matemática, além de promover a interdisciplinaridade.


Técnicas de invasão: conhecendo para se defender

Trilha: Educação e Tecnologias

Taís Cristina da Silva
Lucas Borcard Cancela
Gabriel Aguiar Tinti de Souza
Diêgo Pereira Lozi


Ao conectar-se à internet, é preciso que o usuário se atente ao fato de que ninguém está 100% seguro na rede. Sendo assim, certas medidas relativas à segurança são essenciais para uma navegação segura. Este artigo tem por objetivos: discorrer sobre o uso de técnicas de invasão em redes e dispositivos eletrônicos, mostrando as principais técnicas existentes, assim como as ameaças e ataques mais aplicados no cotidiano; apresentar técnicas com as quais pode-se testar um sistema ou rede com o objetivo de descobrir, mapear e expor possíveis vulnerabilidades. Portanto, o artigo expõe os problemas e direciona a soluções para estes através de medidas preventivas e corretivas. A metodologia utilizada trata-se de pesquisas qualitativas, que tiveram por base estudos bibliográficos e de páginas da web para a elaboração do presente artigo. O tema foi escolhido devido ao crescimento contínuo de pessoas conectadas na grande rede, a saber, a internet, e ao grande avanço das tecnologias, as quais são alvos constantes de ataques cibernéticos. Enfim, é importante destacar neste trabalho que conhecimento e responsabilidade devem sempre agir com indissociabilidade, visto que o conhecimento não é crime mas, ataques digitais, são. Sendo assim, é preciso que os usuários conheçam possíveis ameaças para se defender, usando o conhecimento com responsabilidade.


Túmulos virtuais: leitura bakhtiniana da morte no ciberespaço

Trilha: Comunidades Virtuais

Diego Pinto de Sousa


A alegoria da navegabilidade para perfis de redes sociais de pessoas falecidas pode ser, introdutoriamente, concebida como uma materialidade cibernética de corpos à deriva em rotas difusas e imprecisas. Aqui conceituado como túmulo virtual, o fenômeno da preservação destes perfis no ciberespaço constitui a região e escopo temático. Objetiva-se problematizar como os enunciados presentes em um túmulo virtual (G.) apontam para a dialogicidade das relações sociais e da linguagem e como estas manifestações discursivas traduzem a confluência de temporalidades num espaço (virtual/real). A teoria dialógica do Círculo e de Bakhtin, em destaque seu conceitos de cronotopo e exotopia, servirão como plataforma analítica.


Tecnología, Educación y Sociedad - Eminus como herramienta b-learning para el desarrollo del Diplomado en internacionalización y sensibilización cultural de la lengua portuguesa en la UV

Trilha: Educação e Tecnologias

Luciane Ribeiro


Resumen La globalización ha puesto una urgencia en el aprendizaje de otro idioma en todos los niveles de nuestra sociedad. En el pasado solo pocas personas tenían acceso a los idiomas extranjeros ya que los viajes y las comunicaciones no estaban muy desarrolladas así como también podemos decir que un idioma extranjero te ayuda a redimensionar el conocimiento adquirido en tu propia cultura a tomar una conciencia diferente y también te permite transferir tu preparación y a profundizar tu educación, el Diplomado en internacionalización y sensibilización cultural de la lengua portuguesa impartido por la Universidad Veracruzana de México y Unicentro de Brasil tuvo como objetivo atender aquellos alumnos y profesores que pretendan participar en intercambios académicos y de movilidad por motivos profesionales, académicos y turísticos con las distintas Universidades Brasileñas con las que la Universidad Veracruzana tiene convenio firmado. El Diplomado se desarrolló en dos módulos presenciales y cuatro en modalidad virtual por la plataforma Eminus donde profesores de la Universidad del Centro Oeste trabajaron los siguientes temas, impartidos en su lengua materna, la lengua portuguesa: los módulos llevan por titulo Conociendo Brasil y Paraná, Conociendo Guarapuava y Unicentro.


Tecnologia e educação

Trilha: Educação e Tecnologias

SUZANNE SILVA RODRIGUES DE MORAIS


As discussões em torno da integração das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTIC) no ambiente escolar tomaram conta da sociedade há várias décadas. Tais questões vieram à tona desde que se percebeu a influência das NTIC na formação do sujeito contemporâneo, fazendo-se urgente refletir sobre o assunto diante da crescente expansão dos meios de informação e comunicação. Atualmente o mundo passa por várias e cada vez mais aceleradas transformações em todas as esferas da sociedade e desde o início da civilização o homem busca adaptar-se, adquirindo novos conhecimentos. Desde o início das grandes transformações tecnológicas, confiou-se à escola e as instituições de ensino a formação da personalidade do indivíduo por meio da transferência cultural do conhecimento. Porém, com o crescimento das NTIC e sua introdução no ambiente escolar, houve uma mudança no conceito de conhecimento, o que altera irreversivelmente a prática pedagógica e o papel da escola frente o processo de ensino-aprendizagem. Desse modo, faz-se necessário avaliar o papel das NTIC aplicadas à educação, considerando-se que educar nesse novo contexto é um grande desafio, que, em muitos momentos tem sido encarado superficialmente. Portanto, o presente artigo tem como objetivo discutir o papel da escola frente à era da informação, bem como discutir a inclusão das NTIC no ambiente escolar e o papel do professor frente a esse novo desafio.


Tecnologias audiovisuais e contato com textos literários

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Francisco Wellington Borges Gomes
Márcia Cristianne Pinheiro de Sousa


A relação entre os textos audiovisuais e a literatura não é nova. Desde o surgimento do cinema, da TV e, mais recentemente, da Internet, obras literárias têm servido como fonte de inspiração para as histórias narradas por meio da associação imagem/som, de modo que obtemos muito do conhecimento que temos daquelas obras por meio do consumo de produções audiovisuais, sejam elas filmes, novelas, séries, desenhos animados ou vídeos do Youtube. Nesse trabalho, discutimos brevemente sobre o papel das tecnologias audiovisuais, notadamente o cinema, a TV e a internet, na divulgação e consumo de textos literários publicados originalmente por suportes impressos. Deixando de lado discussões sobre o que é ou não é literário, buscamos neste trabalho refletir sobre o papel de outros meios de divulgação do conhecimento literário na formação de leitores, que vão além daqueles tradicionais.


Tecnologias digitais: leitura e produção de sentidos

Trilha: Linguagem e Tecnologia

FERNANDA GALLI


O propósito desta abordagem é apresentar parte dos resultados de minha pesquisa de pós-doutorado que se encontra em andamento: mais especificamente, minha proposta de trabalho é (i) investigar os processos de produção de sentido que se dão em/por práticas da leitura e (ii) refletir sobre seu funcionamento informativo-enunciativo-discursivo na constituição dos efeitos de sentido e na produção do conhecimento, em particular, na formação de universitários como (futuros) professores. Com base em pressupostos teóricos da Análise do Discurso e dos Novos Estudos de Letramento, busco compreender os modos como o sujeito (se) significa (n)a relação com o outro, produzindo sentidos, por meio de gestos interpretativos, nas atuais condições de produção das tecnologias digitais.


Tecnologias no processo de ensino-aprendizagem e letramento digital

Trilha: Educação e Tecnologias

Luciano Magno Rocha
Fernanda Abreu Gualhano
Letícia da Silva Zarbietti Coêlho


Esta pesquisa ressalta a importância do uso das tecnologias digitais de informação e comunicação na educação, como também, a visão do docente acerca de novos métodos de aprendizagem e a sua inserção no ensino para despertar aos discentes uma nova forma de aquisição cognitiva. Iremos abordar de forma conjunta as temáticas apresentadas, as ligações da tecnologia educacional com o meio social. Entende-se a relevância da prática tecnológica dentro do ambiente escolar, visto que a sociedade está cada vez mais globalizada. Hoje, a maioria dos discentes usufrui de aparatos tecnológicos, o que valida a utilização desses na sala de aula, trazendo o conhecimento que o aluno já possui para o âmbito escolar, o que o torna parte integrante de um novo método de ensino-aprendizagem. Desta forma, a tecnologia se torna uma ferramenta valiosa no desenvolvimento sociocultural do aluno. Após um estudo bibliográfico comprovou-se que as novas tecnologias devem ser sempre analisadas em função do contexto escolar, pois objetiva o ensino e traz ao discente o despertar do desejo por um novo conhecimento.


Transfiguração tecnológica dos personagens de Dom Casmurro

Trilha: Educação e Tecnologias

Valter Andre Jonathan Osvaldo Abbeg


A exigência contemporânea de leituras fluídas adaptadas ao leitor imersivo torna-se um convite a revisão das narrativas literárias clássicas. O presente estudo analisa tanto a adaptação quanto a transfiguração dos personagens Capitu e Bento, presentes na obra “Dom Casmurro” de Machado de Assis, em jogos virtuais e digitais, mediante a adaptação didática. Este limita-se a dimensão dos personagens, sua caracterização, emolduramento enquanto signos de uma dada representação em estratégias presentes em jogos partindo ou não da leitura de “Dom Casmurro”. Utiliza-se a caracterização do leitor e os estudos da cibercultura para problematizar as relações intrínsecas dos personagens. Dessa forma, tomamos como corpus a obra de Machado de Assis e da virtualidade como proposto para realizar a análise da transfiguração dos personagens. Esta pesquisa encontra-se, em fase de desenvolvimento, mas constatamos que essa nova maneira de ler transforma e contribui positivamente para o acesso à literatura. Parcialmente, considera-se que a leitura fluída não se torna recorrente, não há a constituição de hiperlinks ou associações múltiplas, mas um caminho proposto, rígido, constituindo uma sequência previsível de ações, emoldurando os personagens na obra proposta. Ocorre na adaptação, um processo de reorganização e ressignificação da narrativa frente aos personagens, reconstruída no jogo que se propõe educativo, promove uma recodificação, e consequente, transfiguração da narrativa original.


Transparência informacional enquanto instrumento de efetivação da cidadania na sociedade em rede

Trilha: Educação e Tecnologias

Bruna Moraes Marques


O presente artigo aborda as práticas da accountability dentro do conceito de transparência que deve gerir as práticas relacionais entre os cidadãos e os gestores públicos. Há que se destacar a importância das tecnologias da informação como instrumento de efetivação para acompanhamento e fiscalização das práticas atribuídas e efetivadas pelo Administrador Público. Os sites da transparência têm se destacado como ferramentas essenciais para permitir o regular exercício da Democracia dentro do Estado Democrático de Direito, capaz de ensejar a obtenção da verdadeira Dignidade da Pessoa Humana por meio do fomento da consciência política da sociedade, por meio do ambiente cibernético.


Transparência informacional enquanto instrumento de efetivação da cidadania na sociedade em rede

Trilha: Mídia-educação

Maressa Monteiro


O presente artigo aborda as práticas da accountability dentro do conceito de transparência que deve gerir as práticas relacionais entre os cidadãos e os gestores públicos. Há que se destacar a importância das tecnologias da informação como instrumento de efetivação para acompanhamento e fiscalização das práticas atribuídas e efetivadas pelo Administrador Público. Os sites da transparência têm se destacado como ferramentas essenciais para permitir o regular exercício da Democracia dentro do Estado Democrático de Direito, capaz de ensejar a obtenção da verdadeira Dignidade da Pessoa Humana por meio do fomento da consciência política da sociedade, por meio do ambiente cibernético.


Uma revisão de literatura sobre a utilização das tecnologias no processo de ensino-aprendizagem dos alunos

Trilha: Educação e Tecnologias

Lucas Borcard Cancela
Luciano Dias de Sousa
Karol da Silva
Gabriel Aguiar Tinti de Souza
Taís Cristina da Silva


Muito se fala sobre a utilização das tecnologias no ensino como importante ferramenta pedagógica, compreendendo que é necessário que haja uma nova metodologia de ensino. Percebe-se que muitas instituições de ensino possuem em seu patrimônio computadores e diversos equipamentos tecnológicos que poderiam ser melhor utilizados a fim de proporcionar aos alunos aulas mais interessante e dinâmicas. Porém, o que muito se vê são equipamentos novos e metodologia antiga. Este artigo visa realizar um mapeamento bibliográfico de produções acadêmicas que abordem a utilização das tecnologias na educação. Para tanto, foi realizado um estudo bibliográfico realizado através da base SciELO. A pesquisa realizada teve como palavras-chave “(“Tecnologia” AND “Ensino” AND “Aprendizagem”)”. A pesquisa inicial retornou 205 registros. Foram realizados refinamentos nos resultados, retornando 69 artigos. Ao final da análise, resultados relevantes foram encontrados, possibilitando importante discussão sobre o assunto.


Uso de tecnologias em um curso de formação pedagógica para a educação profissional: indicadores na visão de egressos

Trilha: Educação e Tecnologias

CRISTIANE LONGARAY RADKE
JOSIMAR DE APARECIDO VIEIRA
Ana Sara Castaman


O Campus Sertão integra o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul e contribui com a formação pedagógica de professores da educação profissional na região norte do Rio Grande do Sul. Neste contexto, este estudo reflete sobre o uso de tecnologias em um curso de formação pedagógica para a Educação Profissional, a partir de relatos de egressos. A metodologia empregada remete a um estudo de caso com abordagem qualitativa. O material de pesquisa foi produzido a partir da aplicação de questionários e realização de entrevistas envolvendo 48 egressos do curso de Formação Pedagógica de Docentes para a Educação Básica e Profissional, formados no período de 2010 a 2014 em que a presente produção textual traz algumas discussões sobre o uso de tecnologias na formação pedagógica para a educação profissional. Nos resultados verificou-se que alguns egressos que não exerciam a profissão, se perceberam professores. Muitos mencionaram que a atuação na docência gerou outro sentido a vida e perceberam que a aproximação com as tecnologias da informação durante o curso e as práticas pedagógicas, ligam a teoria e a prática. Tais recursos foram fundamentais para o entendimento e o desenvolvimento de ações tecnológicas que contribuíram nas discussões acerca do trabalho pedagógico. O professor da educação profissional atua como responsável pelo seu desenvolvimento pessoal e profissional, e essa postura vem trazendo mudanças em suas experiências, promovendo assim a incorporação de inovações tecnológicas à prática educativa.


Uso do Whatsapp em um grupo de adolescentes com diabetes mellitus tipo 1

Trilha: Educação e Tecnologias

Fernanda Figueredo Chaves
Ketlen Marques Abdala
CARVALHO TORRES


Analisar o uso do WhatsApp em um grupo de adolescentes com diabetes Mellitus tipo 1. Foram selecionados 10 adolescentes, de ambos os sexos, com idade entre 12 e 19 anos, com diagnóstico de diabetes Mellitus tipo 1 em seguimento ambulatorial em Belo Horizonte, Minas Gerais, no ano de 2017. Um moderador e dois observadores se revezavam durante os 30 dias, modulando as conversas com os adolescentes. A opinião e as expectativas dos participantes foram consideradas frente à utilização deste meio dinâmico e atual de comunicação no mundo virtual. Os assuntos mais comuns foram: alimentação (64 postagens), controle glicêmico (71 postagens), insulinoterapia (64 postagens), atividade física (18 postagens), sentimentos (164 postagens), contagem de carboidratos (38 postagens) e hobbis (450 postagens). O whatsApp oferece o potencial para superar barreiras tradicionais de distância, tempo e custo, favorecendo o diálogo, a sociabilidade e a interação por meio do compartilhamento de imagens, vídeos, gifs e mensagens. Nota-se também, a facilidade na análise dos dados, pois não foi preciso realizar a transcrição das falas, pois o aplicativo tem a praticidade de dar o histórico das conversas. Observa-se a importância em se adequar a linguagem na realidade dos adolescentes, de forma que seja compreensível e muitas vezes informal, com o uso de gírias. Portanto, este estudo estabelece as bases para inovações de melhoria da qualidade das práticas educativas em diabetes Mellitus tipo 1 através da tecnologia em saúde.


Utilização de recursos tecnológicos no ensino de ciências naturais: facilitando a aprendizagem de química e biologia

Trilha: Educação e Tecnologias

KAMILA TEIXEIRA CRISÓSTOMO
Leila Alves Vargas


O presente trabalho aborda a importância dos recursos tecnológicos na construção do conhecimento. Enfocaremos a utilização de tecnologias como facilitadoras no processo ensino-aprendizagem de ciências naturais, visto que é uma área fortemente marcada pela abstração. Acredita-se que, nas disciplinas Química e Biologia, em especial, muitas das dificuldades enfrentadas pelo discente advém da falta de recursos que facilitem a visualização daquilo que é ensinado. Assim, sugere-se que as aulas não sejam pautadas apenas na utilização de livros e teorias. Ao contrário, supõe-se que tais disciplinas sejam ministradas de forma a minimizar as dificuldades do educando. Logo, uma alternativa que pode ser adotada é a utilização de recursos audiovisuais, a fim de dinamizar a aula e permitir que o educando visualize como os processos bioquímicos ocorrem.


Whatsapp na sala de aula: estudo de caso da concepção de professores e alunos da educação básica

Trilha: Educação e Tecnologias

DAYSE SAMPAIO LOPES BORGES
DENISE SAMPAIO LOPES DE OLIVEIRA
WILTON SAMPAIO LOPES
Selma de Souza Sanglard


No atual mundo contemporâneo, o cenário social da vida humana sofre modificações com a revolução de ordem tecnológica centrada no acúmulo de informações que são geradas todos os dias e que modificam o pensamento humano e o cotidiano das pessoas. O aplicativo WhatsApp está entre as Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, que à partir do momento que foi criado possibilitou uma ampliação de contatos, grupos e comunicação no universo virtual. Pretendeu-se com esta pesquisa analisar que mudanças ocorrem no cotidiano da sala de aula, com a utilização do aplicativo WhatsApp em uma turma do 1º ano do Ensino Médio de uma escola pública do estado do ES na concepção dos docentes e alunos da referida turma. Resultados permitiram constatar que o aplicativo levantou questões éticas, maturidade quanto ao uso do celular e disponibilidade de tempo para acompanhar todas as solicitações propostas no grupo. Para o grupo dos professores, 25% consideraram a proposta satisfatória para a turma, contra 75% dos professores que consideraram complicado os alunos terem o número do celular do professor, justamente por não terem maturidade para a comunicação pelo aplicativo, além da invasão da privacidade para ligar fora do horário da escola, entre outros. No grupo dos alunos, 100% dos alunos foram favoráveis ao uso do aplicativo para o cotidiano da sala de aula. Esta pesquisa poderá servir de reflexão para outras pesquisas que envolvam este tema tão pertinente, abrangente e atual no momento de revolução digital que se vive neste século.


Whatsapp nas aulas de português como língua estrangeira: uma experiência na UFLA

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Débora Racy Soares


RESUMO: A proposta deste artigo é refletir sobre a utilização do aplicativo WhatsApp nas aulas presenciais de Português como Língua Estrangeira II, na Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Minas Gerais, no segundo semestre letivo de 2016. Além da importância de se aliar novas tecnologias ao ensino de idiomas, em consonância com as diretrizes do MEC (Ministério da Educação) para a área, dentro do âmbito do Programa Idiomas sem Fronteiras/Português, o aplicativo se mostrou eficaz para praticar o gênero chat. Ademais, a prática do chat através do WhatsApp apresenta algumas vantagens em comparação aos chats tradicionais. Recursos multimodais, tais como áudio, vídeo, fotos, além da escrita, podem ser utilizados no aplicativo, mobilizando questões mais amplas de letramentos digitais, atravessadas pela aquisição da língua estrangeira.


Wi-fi e wimax: uma análise de segurança

Trilha: Educação e Tecnologias

Karol da Silva
Lucas Borcard Cancela
Rafael Domiciano da Silva
fhilipe pereira dos santos goncalves


O presente artigo aborda os tipos de seguranças que existem em relação às redes sem fio. Neste caso, foram abordadas as redes: WiFi e WiMax. O objetivo deste trabalho é analisar a eficiência de segurança que existem em ambas as redes, cada uma de acordo com os seus parâmetros. Após estudo e análise, as redes WiFi e WiMax foram comparadas à fim de saber qual seria a rede mais eficiente e mais segura à ser implementada em alguma estrutura, sendo ela corporativa ou doméstica. Para isto, a metodologia utilizada foi uma pesquisa qualitativa através de estudos bibliográficos, realizando pesquisas em artigos acadêmicos, bibliografia específica e tutorias para poder entender um pouco mais sobre essas redes e explicar o funcionamento de cada uma delas.


WI-FI público riscos e soluções

Trilha: Cultura Livre

Jâmison de Mendonça Martins
Luciano Dias de Sousa
Maxwel dos Reis Silva
Lucas Borcard Cancela


Observa-se o crescimento considerável de usuários conectados através das redes públicas. Acompanhando o aumento de usuários se conectando através de redes públicas sem fio, estão as ameaças relativas a ataques cibernéticos, invasões e roubo de informações, ocasionando problemas para os usuários que se sentem desprotegidos e vulneráveis a estes ataques. Portanto, como identificar se está navegando através de uma conexão segura? Diante deste contexto, o presente estudo apresenta uma análise sobre questões importantes relacionadas à circunspeção ao utilizar as redes Wi-Fi para se conectar à Internet. Além de apresentar os riscos e vulnerabilidades, este trabalho também visa demonstrar soluções preventivas e corretivas a fim de sanar tais adversidades, apontando sugestões sobre o que fazer para minorar a insegurança na rede. A metodologia utilizada trata-se de pesquisas qualitativas, que tiveram por base estudos bibliográficos e páginas na web.



Todos os trabalhos aqui publicados estão licenciados segundo a Creative Commons

Creativecommons88x31.png

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at Texto Livre: XIV EVIDOSOL/XI CILTEC-online.