Ievidosol/Resumos

De Wiki do texto Livre
Voltar à página do EVIDOSOL


Índice

Resumos

A construção de material didático para oficinas de software livre: ohares de uma equipe multidisciplinar

Trilha: Documentação em Software Livre

Anderson Fernandes de Alencar
alencar@paulofreire.org



Juliana Bruce
julianabr@paulofreire.org


Juliana Pastore
jdpastore@paulofreire.org


Marcelo Oliveira

marcelo@paulofreire.org


Thais Chita
thais@paulofreire.org


Este trabalho apresenta um breve relato da produção de materiais didáticos para as oficinas de BrOffice.org Writer/Calc/Impress, Gimp e Kubuntu durante a migração para software livre do Instituto Paulo Freire por meio dos olhares dos diversos profissionais que participaram da elaboração dos mesmos.


A diversificação das informações culturais na internet: possibilidades para o webjornalismo cultural

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Raquel C. Araújo Silva
raquelaraujos@yahoo.com.br


Este trabalho investiga em que medida as informações culturais veiculadas por três diferentes sites se distanciam dos parâmetros editoriais típicos do jornalismo impresso, buscando compreender como os processos de mediação social interferem na perspectiva editorial e na natureza da informação cultural que circula na Internet.


A internet vai acabar com a língua portuguesa?

Trilha: Linguagem e Tecnologia

José Luiz Fiorin
jolufi@uol.com.br



Julio Neves
julio.neves@gmail.com


Sincero Zeferino Filho
oheremita@openoffice.org

 BrOffice 


Tulio Vianna
prof@tuliovianna.org

 PUC Minas 


Escrever bem é uma simples questão de adequação ao contexto. Escrever um português de Camões seria absolutamente inapropriado numa mensagem como esta (e você poderia, com razão, me acusar de escrever errado), mas poderia ser tranquilamente aceito num texto literário atual, por exemplo, constituindo uma meta-linguagem. Frequentemente ouvimos dizer que a linguagem da internet está matando o bom português. Gostaria de conhecer esse sujeito, o bom português, tão frágil que não resiste a uma conversinha trivial...


A Invasão brasileira do Orkut

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Woodson Fiorini de Carvalho
woodson@terra.com.br


Esse é um estudo de estratégias linguageiras que visem obter a aproximação com seu interlocutor a fim de estabelecer um vínculo chamado de \"intimidade\". Ele parte dos estudos de mecanismos do ORKUT, uma \"Rede de Relacionamentos\", pois esse tipo de rede pretende especificamente iniciar ou manter relações amizade.


A utilização de softwares para a monitoria do processo de tradução

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Marcos Daniel
letras.br@gmail.com



Henrique Ferreira Franco Murta
henriquemurta@terra.com.br

 UFMG 


Este trabalho pretende debater as vantagens inerentes ao uso de um software próprio para o acompanhamento da tradução, apontando as suas vantagens no aperfeiçoamento do processo. Destaca-se a utilização das amostragens obtidas como forma de viabilizar o desenvolvimento de novas metodologias para a tradução.


ABERTURA

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Organização
evidosol@gmail.com



Ana Cristina Fricke Matte
ana@semiofon.org

 UFMG 


Daniervelin Renata Marques Pereira
daniervelin@yahoo.com.br

 UFMG 


Leonardo Amaral

leleobhz@leleobhz.org

 UFMG 


Thiago Ayub
kurtkraut@gmail.com

 UFRJ 


Abertura do evento.


Aprendendo a escrever

Trilha: Produção Textual no computador

Rosemara de Mont\\
maramontalverne@globo.com


A palestra consistirá em apresentar através da web mecanismos de aproximação do aluno à criação textual. Inicialmente desenvolvendo nele o interesse pelo texto através das várias possibilidades existentes no mundo virtual. Depois ensinando como escrever bem. Finalmente o texto produzido será corrigido por estudantes de letras.


Barreiras no diálogo entre Letras e Software Livre: como superá-las?

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Daniervelin Renata Marques Pereira

daniervelin@yahoo.com.br


Ao observar a difícil inserção dos alunos de Letras na área da informática e, ainda mais, no mundo do Software Livre, uma reflexão deve ser feita para superar barreiras que impedem diálogos interdisciplinares, mostrando vantagens e desvantagens da colaboração. Essa palestra prevê não só respostas prontas, mas outras e que poderão surgir na interação.


Blog: via de comunicação e constituição do sujeito

Trilha: Linguagem e Tecnologia

monica cristina vital dos santos
shalomonica@yahoo.com


Análise de um blog <www.darthbates.blogspot.com> direcionado a usuários e simpatizante do Linux. Seu foco está na linguagem utilizada pelo blogger e pelos usuários à luz da teoria semiótica greimasiana, sinalizando a trilha de constituição do sujeito em meio à trama do texto, destacando as estratégias discursivas utilizadas.


Boas práticas para desenvolvimento de Documentação de Software

Trilha: Documentação em Software Livre

Elaine Fonaro
elainefonaro@gmail.com


Sistemas de ajuda on-line, manuais de usuário e outras documentações técnicas muitas vezes costumam ser ignorados ou apenas consultados em última instância, pois os usuários já não conseguem enxergar vantagem em ler documentos de difícil navegação, incompletos ou até mesmo de difícil entendimento e por isso, buscam entender de seu próprio modo aplicações que muitas vezes, nem mesmo apresentam um sistema de ajuda ou manual com instruções de uso. Diante deste cenário, este trabalho visa mostrar a necessidade da boa documentação durante o ciclo de vida de um projeto de software até a documentação final do usuário, que é parte fundamental e entregável da aplicação.


Broffice

Trilha: Documentação em Software Livre

Sincero Zeferino Filho
oheremita@openoffice.org


Sobre o Broffice e o Escritório Aberto


Copyright e Copyleft

Trilha: Divulgação de Software Livre

Cárlisson Galdino
bardo@cyaneus.net


O copyright tem se afastado da sua função original, trazendo hoje mais mal que bem. O conceito de Software Livre surge como um hack para tentar reverter isso, sendo aplicável não apenas na área de software. Na disputa entre liberar e restringir, há um dispositivo legal a favor da sociedade: o Copyleft.


Debate Aberto: Trilha Divulgação em Software Livre

Trilha: Divulgação de Software Livre

Organização

evidosol@gmail.com


moderador leregina
Espaço aberto para discussão.


Debate Aberto: Trilha Documentação em Software Livre

Trilha: Documentação em Software Livre

Organização
evidosol@gmail.com


moderador: acris
Espaço aberto para discussão.


Debate Aberto: Trilha Hipertexto

Trilha: Hipertexto

Organização
evidosol@gmail.com


moderador: Dilson
Espaço aberto para discussão.


Debate Aberto: Trilha Linguagem e Tecnologia

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Organização
evidosol@gmail.com


moderador: leleobhz
Espaço aberto para discussão.


Debate Aberto: Trilha Produção Textual no Computador

Trilha: Produção Textual no computador

Organização
evidosol@gmail.com


moderador: Dani_Re
Espaço aberto para discussão.


Dicas-L

Trilha: Divulgação de Software Livre

Organização
evidosol@gmail.com


Rubens Queiroz, Eduardo Maçan: o papel do Dicas-L


Hipertexto e Tradução

Trilha: Hipertexto

Thereza
gaboangelis@gmail.com



Gabriel Albuquerque

gaboangelis@ufmg.br


São características dos hipertextos a intertextualidade, o dinamismo e a precisão. Os hiperlinks podem contribuir na compreensão de palavras de difícil tradução, bem como elucidando os contextos sócio-culturais de produção dos textos de partida, o que ressalta a relevância do hipertexto não somente para o processo tradutório, assim como na recepção de textos traduzidos.


Hipertexto: Novos desafios para o mundo da Informática

Trilha: Produção Textual no computador

Mércia Marques de Araújo
marquesmercia@yahoo.com.br



Márcia de Fátima Xavier
xaviermarcia@yahoo.com.br

 UFMG 


patricia oliveira alves
patriciasete@yahoo.com.br

 ufmg 


Hipertexto: Novos desafios para o mundo da Informática

O avanço das novas tecnologias trouxe um elemento muito recorrente no mundo da informática: os hipertextos. Sempre que acessamos uma página da web, nos deparamos com este novo formato de textos que são, na verdade, um resumo que dará acesso a uma outra página onde encontraremos com mais detalhe o tema a ser tratado. Estas informações, porém, podem confundir quem está navegando pela página, porque muitas vezes elas costumam se apresentar de forma demasiado “carregadas” , ou seja, em um formato que pode ser de difícil acesso.


Mércia Marques Márcia Xavier Patrícia Oliveira


Hipertexto: suporte lingüístico-semiótico

Trilha: Hipertexto

Tiago Garcias de Souza
tiagogarcias@hotmail.com


Uma ferramenta de importância inquestionável nos dias de hoje, o sistema de hipertexto pode facilitar a vida de todo tipo de pessoa, desde pesquisadores profissionais renomados e experientes até alunos dos primeiros anos de escola. Tal suporte lingüístico-semiótico pode possibilitar aos usuários em geral toda uma gama de informações interligadas de forma simples e funcional, como uma rede que envolve as mais diversas áreas do conhecimento, encurtando as barreiras existentes entre essas áreas.


O corretor automático substitui o Revisor?

Trilha: Produção Textual no computador

Stella Almeida Moreira
stellabrum@gmail.com


O corretor automático é um bom instrumento para a revisão de texto, mas está longe de substituir o revisor profissional, pois ao corrigir erros gramaticais e ortográficos nem sempre o faz corretamente. Tampouco corrige problemas como: clareza de idéias, sintaxe, coesão, coerência textual e semântica, uma vez que essas questões irão depender da competência do revisor.


Proposta de Ambiente Colaborativo para Desenvolvimento de Software Livre Educacional

Trilha: Divulgação de Software Livre

Cristina Moraes Sleiman
cristinams.adv@uol.com.br


A palestra apresentará uma proposta de comunidade para desenvolvimento colaborativo de software com participação de colaboradores de diversas áreas de atuação. Envolve uma forma de remuneração que pode ser decorrente de recursos gerados por patrocínios e ou por uma microtarifação por download das versões finais, a serem cobradas dos usuários, como por exemplo Instituições de Ensino, sendo feita uma distribuição aos membros colaboradores de cada projeto em questão. Envolve ainda a participação de ONG’s ou empresas para patrocínio de eventos para destaque dos colaboradores mais ativos e softwares mais utilizados. Na palestra será apresentado além da proposta, algumas questões jurídicas essenciais à blindagem legal da comunidade e a importância da documentação do software para a comunidade de desenvolvedores e para a área educacional.


Publicidade de Softwares Livres

Trilha: Divulgação de Software Livre

Laís

lais@pamals.mil.br


A palestra pretende mostrar como é feita a divulgação do uso de software livre hoje, e apontar os principais meios de veiculação utilizados para isso. Também serão discutidas opções para as possíveis melhorias nessa divulgação, e conseqüente aumento do número de usuários de softwares livres.


Socializando valores no Software Livre: a importantância da documentação na construção de um ethos coletivo

Trilha: Documentação em Software Livre

Thiago Ayub
kurtkraut@gmail.com


Apresento nessa palestra a documentação como o principal vetor de socialização dos ethos do Software Livre e proponho à comunidade a refletir sobre sua produção de documentação com o propósito de que se estabeleça como meta a transmissão e manutenção de valores de colaboratividade, cooperatividade, democracia e liberdade dentro do Software Livre.


Software Livre, documentação, ensino e pesquisa: como nasceu o Texto Livre

Trilha: Linguagem e Tecnologia

Ana Cristina Fricke Matte
ana@semiofon.org


O Texto Livre nasceu porque a pesquisa na universidade é mais eficiente com o uso de software livre. Porque a pesquisa é mais eficiente com o software livre, a documentação, a fim de que possamos usá-lo, é fundamental. E porque essa documentação é fundamental, abrir as portas da universidade para melhorar essa documentação incluindo-a como estratégia de ensino, foi a grande saída. Ou entrada, como quiser.


Tuxsila: quem disse que linux é difícil?

Trilha: Divulgação de Software Livre

Ana Cristina Fricke Matte
ana@semiofon.org


Toda vez que alguém começa a usar linux e outros aplicativos livres, começa uma divulgação boca a boca bastante eficaz. No entanto, somente nos meios onde o software livre é palavra de ordem tenho escutado que linux, hoje, também é usado por milhares de linuxers crianças, desde as mais pequenas até pré-adolescentes.


Uso de aplicativos de gestão de código aberto nas empresas

Trilha: Produção Textual no computador

Jose Tuedes de Resende
josetuedes@ufmg.br



ednalva Silva

ednalvaufmg@bol.com.br


RAQUEL MARIA DE ABREU SILVA
raquelabs@ibest.com.br

 - 


Rodrigo da Fonseca Faleiro

nykyko@gmail.com

 Faculdade de Letras - UFMG 


Notamos, hoje em dia, que poucas empresas usam aplicativos de código livre. Mesmo nas instituições governamentais, como alguns departamentos da UFMG, o seu uso tem sido limitado ao Linux e, algumas vezes, aos aplicativos de apoio, como o BROffice. Raramente vemos empresas usarem outros aplicativos de gestão como o ERP (Enterprise Resource Planning) ou CRM (Customer Relationship Management). Existem alguns problemas relacionados ao uso do código livre. O principal deles é o receio em relação a mudanças: as empresas em geral adotam um padrão e não se sentem seguras em mudá-lo. Outro é o pouco conhecimento existente sobre o SL: as empresas têm poucas informações sobre os desenvolvedores e distribuidores do SL, e dos respectivos produtos existentes. Outras empresas conhecem o produto e suas potencialidades, mas acham que ainda não existe um suporte adequado. Concluindo, apesar do baixo custo dos aplicativos de código aberto, são necessárias melhorias no suporte e divulgação do SL, para que as empresas o adotem em toda a sua potencialidade no dia-a-dia.